Como se fosse o primeiro dia!

Colégio FAAP

22 de janeiro de 2021 | 15h19

Gravado em nossas memórias de forma indelével, o nosso primeiro dia de aula, assim como o de nossos filhos, mostram a importância desse evento!

Insegurança, expectativa, medo num vulcanismo de emoções, nos atiravam para a nova vida na qual passos em falso, bons dias atravessados, mínimos descuidos de pais e professores poderiam criar monstros de duradoura vida…

Pois bem, a ausência de quase um ano de aulas presenciais e o mergulhar abrupto no imponderável farão, desse reinício do ano letivo que se aproxima de algum tipo de normalidade, sem muito exagero, o primeiro dia de aula de muitos veteranos, com todos os corolários desse noviciado sem precedentes.

Dessa forma, convido a todos os educadores, em casa e nas escolas, a se prepararem para esse inusitado, mas muito conhecido evento: paciência, atenção e diálogo!

Em todos os níveis da formação infantil e juvenil, os cuidados do primeiro dia devem ser relembrados, devem ser pautados em cada momento desse delicado retorno: experiências anteriores, mesmo em instituições conhecidas, estarão revestidas, para todos os envolvidos no processo, de novidades a serem superadas, de proximidades físicas contidas pelo medo da contaminação, de beijos e abraços desejados e, ainda, proibidos, dos tão buscados espaços de conversas e brincadeiras cercados por barreiras sanitárias.

Por mais que nos preparemos para este novo, o fato de nos acreditarmos especialistas será a mais perigosa falácia, segurança que pode comprometer o bom começo e parte de um processo que, ao que tudo indica, continuará incerto.

Sempre lembrando que caminhos desconhecidos impõem cautela, com muita humildade, doses elevadas de criatividade, convido a todos os educadores a lançar suas armas aos pés da realidade vencedora e esquecerem de louros e conquistas que, doravante, serão lembranças de um passado de glórias, mas passado!

 

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

 

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.