A difícil tarefa de escolher a profissão

A difícil tarefa de escolher a profissão

Colégio FAAP

13 Abril 2016 | 17h42

Programa de Orientação Vocacional do Colégio FAAP busca apresentar aos alunos uma visão das futuras possibilidades profissionais

-  Palestra com a mentoring educacional Cyntia Pinheiro

Palestra com a mentoring educacional Cyntia Pinheiro

Jornalismo, Engenharia Civil, Economia, Direito, Design, Moda, Artes Visuais, Medicina, Psicologia, Administração de Empresas, entre outras tantas profissões. Hoje, o leque de opções é enorme, são centenas de carreiras que vieram com a segmentação de áreas, deixando o jovem em fase pré-vestibular ainda mais indeciso.

Face a essa realidade,  o Colégio FAAP criou  um programa de Orientação Profissional para ajudar seus alunos nesta importante fase da vida, direcionando-os para as  escolhas adequadas da profissão. São realizadas palestras, oficinas e dinâmicas com profissionais do mercado e professores da área. Os alunos também podem assistir, como teste, algumas aulas nos cursos de graduação da FAAP.

Recentemente, a mentoring educacional Cyntia Pinheiro, esteve no Colégio para uma dinâmica com os alunos do terceiro ano. A educadora ressaltou que a dúvida dos jovens nessa etapa da vida sempre existiu, mas hoje é ainda maior devido ao grande número de cursos e novas carreiras.

A educadora destacou ainda a importância na correta escolha de uma profissão, que não pode ser feita como se estivesse elegendo algo em um catálogo. “Há um alto índice de desistência nas faculdades, porque a definição de uma carreira é um processo que deve ser levado a sério”, disse.

Os tradicionais testes vocacionais ainda são válidos. Mas a especialista recomenda aos estudantes que façam um trabalho de autoconhecimento. “Tudo influencia nas nossas escolhas, a família, o professor, as nossas vontades, afinidades, entre outros fatores”.

Não ter nenhuma experiência do mercado é algo que pode atrapalhar também, salientou a educadora. Por isso, a principal dica para os estudantes é conhecer o curso que pretende fazer, assistindo algumas aulas, conversando com os professores, com os alunos formados e profissionais do mercado, com o objetivo de amadurecer essa escolha. “A escola tem um papel fundamental nesse sentido, além da família, pois é preciso ampliar a discussão, provocar questionamentos no jovem”, completou.

Dinâmica

Durante a dinâmica, os alunos foram estimulados a experimentar seus interesses profissionais a partir de seus desejos conscientes e inconscientes

Durante a dinâmica, os alunos foram estimulados a experimentar seus interesses profissionais a partir de seus desejos conscientes e inconscientes

A técnica de meditação mindfulness – atenção plena – foi utilizada pela especialista para iniciar a dinâmica de orientação profissional realizada com os alunos de terceiro ano. Todos os estudantes tinham que explorar o simples ato de caminhar, perceber o movimento das pernas e dos dedos, além das sensações.

“Banalizamos esse ato no dia a dia, mas é importante perceber como caminhar é difícil. Vemos isso nas duas pontas da vida: quando bebê e quando idoso”, apontou Cyntia, fazendo uma alusão ao desconforto causado ao prestar atenção no ato de caminhar e ao fazer escolhas sem a preparação adequada.

Durante a dinâmica, os alunos montaram um portfólio com imagens espalhadas em mesas, onde tinham que escolher as que mais lhe chamavam a atenção e mais lhe atraiam “Durante todo o processo, os alunos foram estimulados a identificar, relacionar, compartilhar, lidar, experimentar seus interesses a partir de seus desejos conscientes e inconscientes relacionados à escolha profissional”, ressaltou a professora Marinez Felix Rafaldini, orientadora educacional do Colégio FAAP.

O programa de Orientação Vocacional do Colégio FAAP é realizado durante todo o ano. Neste mês de abril, com a Semana Vocacional, os alunos terão ainda palestras com os diretores e coordenadores das seis faculdades da FAAP – Administração, Artes Plásticas, Direito, Engenharia, Economia e Comunicação e Marketing.