Projeto Monografia

Colégio Equipe

03 Março 2016 | 07h00

No Colégio Equipe os alunos e alunas da 3ª série do Ensino Médio escrevem uma monografia. Marco final da trajetória escolar, síntese de uma série de aprendizados, trata-se de um desafio que requer não somente grande autonomia como também maturidade. Escrever uma monografia significa, primeiramente, eleger um campo de estudo; dentro do campo de estudo, determinar um objeto específico, elaborar uma questão e preparar um projeto de pesquisa (metodologia, fontes) que norteará o trabalho ao longo do ano.

_MG_6072

O que escolher estudar? Como escolher? Como estudar? De que maneira se redige um trabalho que exponha o estudo feito? São questões difíceis que implicam conhecimentos prévios, desejos, planejamento e escolhas. Muitos escolhem objetos que têm a ver com sua história pessoal, outros norteiam-se por paixões estéticas, intelectuais, outros baseiam suas escolhas em perspectivas de estudos futuros e campos profissionais, sempre levando em conta também a relevância social que a temática e seu objeto podem assumir. Pela nossa experiência, quanto mais significativo for o objeto de estudo escolhido, maiores as chances de um bom trabalho final.

_MG_6134

Cada professor envolvido no projeto propõe uma temática que, ao ser desenvolvida, leve o aluno a entrar em contato com conceitos importantes da sua disciplina. Fenômenos artísticos e a instituição da arte, os estudos da modernidade e da metodologia crítica, a história do século XX, psicanálise e educação, transformações na natureza e as relações entre saúde e sociedade são os vastos campos de estudo que os estudantes devem, primeiramente, escolher.

_MG_5618

Em seguida são formados grupos de trabalho, com encontros semanais com os professores orientadores, em que serão discutidos, ao longo do ano inteiro, os percursos de investigação de cada um. O compartilhamento das pesquisas, dúvidas, embates e descobertas com outros colegas e com o professor é parte fundamental do trabalho; os grupos de estudos formam uma rede de apoio e troca intelectual muito rica e importante. Para o Colégio Equipe o estudo só faz sentido se compartilhado, e as discussões nos grupos são parte fundamental do trabalho monográfico.

_MG_5620

A primeira etapa – recorte do problema, escolha da metodologia, levantamento bibliográfico – talvez seja a mais difícil. Dos vastos campos propostos pelos orientadores surgem inúmeras possibilidades de caminho, e nesse momento a conversa com o grupo, com o professor orientador, com familiares, e mesmo a investigação pessoal de interesses presentes e futuros, são fundamentais. Muitos alunos dão continuidade na faculdade, e mesmo profissionalmente, a projetos iniciados na monografia da 3ª série. Para muitos, também, a monografia é o momento de estudar e elaborar questões da vida, mergulhar em suas paixões, refletir sobre questões políticas, ideológicas, estéticas, corporais, científicas.

_MG_5643

Determinado o objeto, deve-se escrever o projeto de pesquisa, levando em conta o tempo, as condições de estudo, a necessidade de trabalho de campo, pesquisa bibliográfica, objetivos e metodologia. Não somente a delimitação de um objeto de estudo, mas a elaboração de um projeto de pesquisa é um grande desafio. Estudam-se possibilidades de realizar o estudo: alguns trabalhos são de análises de obras, outros envolvem entrevistas, pesquisas e estudos de campo, experimentos, e assim por diante.

_MG_5677

Durante todo o processo, o Diário de Bordo é fundamental. É um caderno de campo em que será registrada toda a trajetória de pensamento e pesquisa do aluno: como trabalha, como pensa, quais são suas inquietações, dúvidas e expectativas. A perspectiva é que o Diário de Bordo tenha tanta importância quanto o produto final, por documentar detalhadamente o processo do trabalho.

_MG_5701

Aos poucos, o trabalho de cada um vai se estruturando e inicia-se a elaboração do texto final, que explorará o assunto pesquisado e o caminho de pesquisa. A redação do texto deve não somente ser clara, coerente e coesa, mas também obedecer aos padrões de escrita de um texto acadêmico definidos pela comunidade científica – digitados, citações com aspas, notas de rodapé e bibliografia. Todos têm que se deparar com o aprendizado não só dessas normas como das questões éticas envolvidas em qualquer pesquisa.

_MG_5846

Ao final, com a monografia pronta, cada aluno deverá planejar e realizar uma socialização oral dos seus aprendizados, de forma a compartilhar o conteúdo estudado e o processo de trabalho. Toda a comunidade escolar, famílias, amigos e colegas das demais séries assistem às apresentações, indagam e conversam sobre o trabalho feito – um marco na vida escolar de todos.

“A alimentação e a medicação no mundo contemporâneo: Os laços ocultos entre agências regulatórias e indústrias e o papel do consumidor ativo”;

“Até que ponto estamos submersos nessa Crise Hídrica”;

“A prática da violência como punição no contexto de desenvolvimento social”;

“A cidade de São Paulo com e sem o Elevado: Como a cidade é vista em vários modelos de planejamento urbano”;

“Como o grafite pode ser utilizado como uma ferramenta crítica?”

Esses foram alguns dos trabalhos apresentados no ano passado. Momento muito especial na escola, quando os papéis se invertem e são os alunos que ensinam aos professores e aos seus pares o que aprenderam com seus estudos.

 

 

Texto redigido por Luana Chnaiderman de Almeida baseado no documento sobre monografia escrito pela coordenação do Ensino Médio do Colégio Equipe