O trabalho de Monografia no Colégio Equipe

Colégio Equipe

04 Novembro 2015 | 07h27

_MG_0069 T

Duas das atividades de encerramento do curso e escolaridade na Educação Básica dos alunos da 3ª série do Equipe é a elaboração e a apresentação de uma monografia, resultado de um estudo e de uma pesquisa pessoal realizados durante todo o ano. Mas por que realizar um trabalho como esse justamente na 3ª série do Ensino Médio, ano em que o foco deveria ser a preparação para o ENEM e exames vestibulares?

Há duas razões principais. A primeira delas é que aqui no Equipe trabalhamos com diretrizes de séries, que são os objetivos comuns de trabalho que todos os professores têm com a série e que devem se articular aos objetivos específicos de cada disciplina. Assim, na 1ª série, as diretrizes são criar condições para que os alunos adquiram hábito de estudo e também compreendam os principais objetos de estudo de cada disciplina do currículo. Na 2ª série, são a operacionalização do trabalho em grupo e a metodologia do trabalho teórico nas diferentes áreas do conhecimento. E na 3ª série, a ênfase é no aprofundamento teórico conceitual e na síntese pedagógica. A monografia é justamente uma das formas de nossos alunos se aprofundarem teórica e metodologicamente em uma área do conhecimento com a qual se identifiquem mais.

A segunda razão é decorrente da primeira. É na 3ª série que os alunos também devem não exatamente decidir, mas refletir sobre quais áreas do conhecimento têm mais interesse e que gostariam de seguir profissionalmente quando terminarem a Educação Básica (dentro da realidade do Equipe, a maioria de nossos alunos segue seu processo formativo nas universidades ou em outros espaços). Felizmente, o trabalho de monografia, em muitos casos, tem contribuído para essa reflexão sobre o futuro profissional. Ao escolher um tema para estudo, nem sempre eles se preocupam em relacioná-lo ao que pretendem seguir. Mas durante esse processo, muitas vezes acabam se identificando com a área ou com o objeto e decidem dar continuidade a ela ou, pelo contrário, percebem que o que estudaram é apenas objeto de interesse e não se veem trabalhando com ele. Além disso, independentemente do tema, os alunos aprendem a realizar um trabalho de pesquisa com um formato acadêmico, o que os torna mais preparados para dar conta dos desafios na universidade.

_MG_0178 T

Como esse trabalho é realizado? É um trabalho anual e dividido em etapas. A primeira delas é a apresentação de núcleos temáticos relacionados ao currículo da escola nas principais áreas do conhecimento. A partir desses núcleos, os alunos enumeram sua ordem de preferência e a escola monta grupos de trabalho de até doze alunos, orientados por um professor. Em um primeiro momento, cada aluno deve levantar uma bibliografia básica, iniciar as leituras e fazer um recorte do tema escolhido. Também deve fazer um plano de estudo e participar de seminários coletivos de orientação, momentos em que se discute coletivamente, por exemplo, como realizar um recorte e como registrar o que se está fazendo e pensando sobre o trabalho. Depois, se for o caso, deve-se fazer o levantamento de dados e, finalmente, elaborar um texto final. Obviamente, o texto final não é pedido todo de uma vez; é possível, em cada uma dessas etapas, os alunos irem produzindo capítulos, que depois se organizam num texto mais completo.

Não mais importante que o trabalho de pesquisa e a elaboração do texto é a apresentação, ou melhor, a socialização do trabalho de cada aluno junto à comunidade escolar: alunos de outras séries, pais, professores, ex-alunos, convidados. Por considerarmos que o planejamento e a apresentação dos resultados de um estudo fazem parte da escolaridade e da aprendizagem de nossos alunos, as apresentações são realizadas por todos, não só pelos que foram mais bem avaliados, não só por quem quer apresentar. E também por considerarmos que o conhecimento tem um caráter público e coletivo, nossos alunos são convidados a compartilhar suas fontes de pesquisa, seu processo de trabalho, suas conclusões e reflexões, dialogando com seus pares, com seus educadores e com especialistas dos temas que pesquisaram.

Entre os temas de monografias, há um universo de estudo bem diversificado. Há trabalhos que foram motivados por problemas que estamos enfrentando atualmente, como a escassez de água e o sistema prisional; há trabalhos sobre situações que os próprios alunos estão enfrentando, como os vestibulares e o processo educacional; assim como trabalhos bem pessoais, como o registro e as reflexões sobre os próprios sonhos. Isso se dá porque neste momento nossos alunos podem se dedicar a estudar conteúdos que não fazem parte do currículo escolar e o universo de interesse deles é bastante amplo e diverso. E também porque, dentro da concepção e metodologia de trabalho da escola, o método de pesquisa deve ser priorizado e não apenas os conteúdos.

Por fim, gostaríamos de parabenizar nossos alunos pelo esforço e dedicação demonstrados ao longo do ano. Sabemos que não é um trabalho fácil, exige disciplina e autoconhecimento; alguns conseguiram ter um processo tranquilo, outros enfrentaram as mais diversas dificuldades. O importante foi que todos aceitaram o desafio e agora podem partilhar o resultado do que aprenderam.

_MG_0037 T

As apresentações deste ano serão nos dias 9 e 10 de novembro, das 7h15 às 12h40, aqui na escola. Vejam a programação nesse link!

Luciana Fevorini
Diretora Escolar e Orientadora da 3ª série do Ensino Médio