Celular é aliado do professor em aulas no laboratório

Celular é aliado do professor em aulas no laboratório

CPV Educacional

07 Outubro 2016 | 14h57

Celular é usado para pesquisas em aula no laboratório

Celular é usado para pesquisas em aula no laboratório

De acordo com o IBGE, 80,4% das casas com acesso à internet usam o celular como meio de navegação e essa realidade é tendência também nas escolas brasileiras. A sexta edição da pesquisa TIC Educação, divulgada no dia 29 de setembro, mostra que 39% dos professores já usaram o dispositivo em alguma atividade com os alunos. A pesquisa, realizada pelo Cetic.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil), ouviu 1631 professores de 898 escolas de todo o país entre setembro e dezembro de 2015.

No CPV o uso do celular é incentivado nas aulas de laboratório, quando os alunos precisam preencher um relatório científico padronizado pela equipe de ciências, com título, objetivos, introdução, materiais e métodos, resultados, discussão e conclusão. “Nesse momento, o uso da internet e das ferramentas digitais serve na pesquisa para embasar a introdução”, diz Vítor Miranda, assistente pedagógico do colégio.

Alunos investigaram a diferença entre fermentação química e biológica

Alunos investigaram a diferença entre fermentação química e biológica

Os estudantes da 1ª série, por exemplo, usaram o dispositivo em uma experiência da aula de biologia. A aula consistia em um estudo comparativo entre as fermentações química e biológica, analisando o desprendimento de CO2 na presença de açúcar. Os resultados são sempre discutidos em grupo, junto com o professor.