Noite do Pijama na Escola: dormir para sonhar com um tempo bem vivido

Colégio Anglo 21

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Restam 4 de 5 matérias gratuitas no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

15337414_873561292746605_7456899759529762406_n

*Por Cintia Fondora Simão

Mas como assim? Não queremos os alunos acordados, atentos, concentrados e produtivos? Então, que história é essa de dormir na Escola?

Pois o fato aconteceu no Colégio Anglo 21 como um marco de despedida das crianças que encerram a educação infantil e agora partem para o 1º ano do ensino fundamental. Proporcionamos a elas uma experiência diferenciada nesse ambiente que lhes é tão conhecido e tão caro. Conhecido porque circulam no colégio com segurança e independência, experimentam diariamente a escola como um lugar privilegiado para encontros com a multiplicidade de pessoas, informações e materiais para expressão e construção de conhecimentos. Caro porque reconhecem tais encontros como expressões do afeto, da sensibilidade, da satisfação das ideias produzidas e do desejo de crescer.

A noite do pijama foi um momento para despedir-se de um ciclo da escolaridade, mas também para a criança reconhecer-se grande. Chegaram no final da tarde, quando ainda era claro, e a primeira proposta da programação foi arrumar o lugar de dormir. Para uns, seria a primeira noite fora de casa.

15380776_873560912746643_4152943059070253639_n
15420968_873562549413146_6842123202937310602_n

Em seguida, reuniram-se na arena do parque para conhecer a programação do evento e testar as lanternas, pilhas e baterias – tudo preparado para quando o escuro chegasse. Já era quase noite no momento em que a oficina de pizza foi aberta. Após o delicioso jantar, aconteceu a tão esperada caça ao tesouro com lanternas. Foi emocionante vê-los visitar espaços diariamente frequentados, que conhecem de olhos fechados, agora visto de um modo tão diferente. Divertido, enigmático e revelador!

E ainda teve o preparo de biscoitos para acompanhar o chazinho antes de dormir e uma fogueira para aquecer marshmallows. Entre as duas atividades para lhes proporcionar aconchego, convidamos a todos para ir até uma sala iluminada por luz negra e, em pouco tempo, a sala iluminou-se também com seus traçados. E sob essa luz especial, alguns adormeceram.

Começou o toque de recolher, pijamas e pantufas desfilaram pelo corredor da escola. Já passava da meia noite quando todos adormeceram numa noite tranquila de uma despedida especial.

E o dia seguinte? Ah, essa é uma outra história…

*Cintia Fondora Simão é coordenadora pedagógica da Educação Infantil do Colégio Anglo 21.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Siga o Estadão