Do outro lado da rede, os pequenos do Anglo 21 são verdadeiros gigantes

Do outro lado da rede, os pequenos do Anglo 21 são verdadeiros gigantes

Colégio Anglo 21

08 Março 2017 | 12h49

*Por Romário dos Santos

Romário 2

No voleibol do Anglo 21 para o Fundamental I, realizamos um treinamento mais lúdico, no qual trabalhamos os fundamentos do esporte de maneira descontraída e dinâmica, a fim de tornar a modalidade mais atrativa e prazerosa. Trabalhamos também algumas capacidades físicas, como a agilidade, para que os alunos se locomovam rapidamente e, assim, evitem que a bola caia.

Com o Fundamental II, focamos bastante nos fundamentos e em jogos que favoreçam o aprendizado da modalidade, que é um pouco complexa porque os movimentos realizados no voleibol, como sacar, recepcionar e golpear a bola, não fazem parte dos movimentos do nosso dia a dia.

Já no Ensino Médio, temos a competitividade à flor da pele, mas com muita consciência e respeito às potências e aos limites de cada um. A grande maioria dos alunos do Médio gosta muito da modalidade e a realiza com bastante afinco, beneficiando-se dela tanto para a saúde como para a integração e descontração.

Romário

A especificidade do voleibol do Anglo 21 não está em nenhum método inovador, mas na abordagem de um professor verdadeiramente atento aos seus alunos, que trazem uma bagagem de lugares e experiências diversificadas. Essa diversidade proporciona a todos nós aulas maravilhosas, ricas em informação sobre práticas que realmente funcionam e têm sentido.

Temos dentro da quadra crianças e jovens, meninas e meninos – cabe destacar que nossas equipes são sempre mistas –, com força de gigante e vontade de leão para aprender e se aperfeiçoar na modalidade. Eles sabem que, como pontua Paulo Freire, “não há conhecimento pronto e acabado”.

Nossos alunos e alunas são preparados também para lidar de forma saudável com a vitória e a derrota; com a primeira, sem arrogância, e com a segunda, sem a sensação de humilhação.  Vemos o erro como uma oportunidade de alinhamento e valorizamos o acerto para crescer ainda mais.

Para continuarmos tendo jogadores de ponta e excelência, precisamos ter aprendizes dedicados e preparados também em termos de caráter e valores. Eu, professor, vejo nos alunos e nas alunas do Anglo 21 essa chama, que fica mais viva a cada treino.

* Romário dos Santos é professor de Educação Física do Ensino Fundamental I e II e também do Ensino Médio do Colégio Anglo 21.