Artes e aulas de artes no século XXI

Artes e aulas de artes no século XXI

Colégio Anglo 21

16 Setembro 2016 | 11h06

* Por Pablo Tavalera

Aula de Artes

A arte do século XXI é a arte contemporânea. Ela carrega algumas características que são fruto do desenvolvimento das linguagens artísticas ao longo da história da arte. Uma dessas características é a diluição das fronteiras entre as linguagens, muitas vezes impossibilitando a classificação de uma manifestação artística nas categorias clássicas da arte, como desenho, escultura ou gravura.

Outra característica é a criação de narrativas não lineares, sem começo, meio e fim ou às vezes sem uma ordenação lógica, causal. Uma terceira característica é a participação do espectador cada vez mais frequente e intensa, chegando a assumir em determinadas obras o papel de coautor. Historicamente, a arte acompanha, traduz e influencia os rumos do tempo onde é produzida.

Portanto, podemos pensar essas características da arte contemporânea aplicadas à educação atual: o entendimento da unidade das disciplinas, diluindo suas fronteiras a fim de assumir a sua complementaridade e interdependência. Em outras palavras, a interdisciplinaridade. Ou ainda, conseguir compreender e se sentir confortável frente a uma organização rizomática complexa, não hierárquica, de fluxo intermitente e fragmentado, como é a estrutura multi-informacional, hiperestimulada e de múltiplas e simultâneas narrativas do mundo atual. E, por último, entender o protagonismo e o espaço que o aluno deve assumir em um processo educativo.

São algumas das características já assumidas que um bom processo educativo deve ter: interdisciplinaridade, complexidade informacional e construção coletiva. Características fundamentais em uma aula de artes do século XXI, presentes no Colégio Anglo21, seja aplicadas à arte contemporânea ou outro período histórico da arte.

*Por Pablo Talavera é professor de Artes no Colégio Anglo 21