Alfabetização: além de ler e escrever, é preciso entender o que a escrita representa

Alfabetização: além de ler e escrever, é preciso entender o que a escrita representa

Colégio Anglo 21

10 Agosto 2016 | 12h21

*Por Valquiria Pereira

alfabetização

 

Entendemos a alfabetização como um processo em que os alunos pensam sobre a escrita, levantam hipóteses sobre o que a escrita representa e sobre como escrever, antes mesmo de escreverem convencionalmente. Estar alfabetizado é compreender o que se lê e não apenas decifrar o código.

 

Dessa forma, o planejamento das atividades deve acontecer com base no que sabe cada aluno e no que precisa saber para avançar. As crianças se deparam com desafios colocados para que retomem o que já sabem, para que se sintam incentivadas. As intervenções são planejadas para que cada grupo de alunos avance a partir do que pensa sobre a escrita. Conhecer o que sabe cada criança é fundamental nesse processo. Por essa razão, os professores devem se basear no que mostra o diagnóstico feito no início do ano e durante o período letivo, e organizar a turma em grupos produtivos de trabalho.

 

O planejamento se dá através de atividades diversificadas, de reflexão sobre a escrita e a leitura inseridas nos projetos didáticos, em que os alunos trabalham em duplas ou trios previamente escolhidos, visando a colaboração de todos. São situações rotineiras de leitura pelo aluno, leitura pelo professor, escrita pelo aluno e escrita pelo professor, a partir do que ditam os alunos.

 

Assim, no Colégio Anglo 21 as crianças podem ler e escrever antes mesmo de ler e escrever convencionalmente, podem experimentar e se arriscar, colocando em jogo tudo o que sabem e evoluindo sempre.

 

*Valquiria Pereira é coordenadora pedagógica do Colégio Anglo 21

Mais conteúdo sobre:

alfabetizaçãoanglo 21escrita