Parte 2 – Exames de proficiência em inglês no ensino regular: o que as experiências dos colégios Cruzeiro e Antares nos ensinam

Cambridge Assessment English

23 de junho de 2021 | 12h37

No texto anterior nós falamos a respeito de como o inglês deixou de ser um diferencial para se tornar indispensável nas oportunidades futuras para os atuais estudantes do país. O idioma é um dos principais pré-requisitos em processos seletivos para universidades do exterior, e dentro do país o idioma coloca o universitário à frente em oportunidades de intercâmbio, leituras de conteúdos e outras atividades, sejam eles de universidades ou profissionais.

O movimento de escolas regulares ajudarem jovens a enxergar tais necessidades existe há pelo menos uma década e sai na frente o aluno que entende o porquê de estar se aprofundando mais cedo em aspectos como o idioma. Essas instituições, por sua vez, oferecem não só ensino qualificado de inglês como também promovem a avaliação dos estudantes para transformá-los em cidadãos globais, para que saiam do Ensino Médio munidos de um conhecimento capaz de abrir muitas portas.

Essa etapa de avaliação no caso dos colégios Cruzeiro e Antares, e também nos outros citados no artigo anterior, conta com Cambridge Assessment English como parceiro de certificação em função do portfólio completo e pronto para que seja implementada uma jornada de proficiência que estimula cada aluno a evoluir suas habilidades até que seu objetivo final seja alcançado. E os benefícios disso são muitos para todos os envolvidos e não apenas para as crianças e adolescentes que passam pelo processo.

O Colégio Cruzeiro, que fica no Rio de Janeiro e tem duas unidades na cidade, conta com as certificações de Cambridge há 13 anos em seu portfólio. Anualmente, seus alunos são preparados para aplicar desde os níveis infantis – Pre A1 Starters, A1 Movers, A2 Flyers – passando pelos níveis intermediários – A2 Key e B1 Preliminary for schools – até chegar nos certificados mais avançados – como o C1 Advanced. O Colégio garante certificações para todas as idades durante os ciclos percorridos pelos estudantes.

“Sempre orientamos que obter uma certificação internacional tem a finalidade de comprovar os níveis de conhecimento e desenvoltura na língua inglesa que irão fazer a diferença no mercado de trabalho, no mundo acadêmico, e com que o estudante possa fazer parte do mundo globalizado em que vivemos. Ter uma certificação internacional faz toda a diferença”, explica Adriana Kerr, Coordenadora de Inglês na unidade Centro do Colégio Cruzeiro.

E o reconhecimento do benefício por parte dos alunos é unânime. Ao longo desses anos a instituição tem atingido uma média de 99% de aprovação e nos últimos quatro, 100% de aprovação em todos os níveis de exame.

Esse alto índice de aprovação nos exames é fruto da qualificação e dedicação dos professores, do empenho dos alunos e do apoio das famílias que valorizam e incentivam seus filhos a obter certificações que serão importantes para seu futuro acadêmico e profissional.

“Em um mundo onde os avanços tecnológicos modificaram nossa forma de comunicação e diminuíram a distância entre pessoas, países e continentes, a língua inglesa assume o caráter de língua universal. Sua aprendizagem tornou-se imprescindível para a formação acadêmica, social e cultural de nossos alunos.  Os exames Cambridge English, além de comprovarem o nível de proficiência de nossos alunos, contribuem para a ampliação de sua visão de mundo, pensamento crítico e formação integral.”, explica Cyntia Freitas, Coordenadora de Inglês da Unidade Jacarepaguá do Colégio Cruzeiro.

Letícia Malfei de Carvalho Costa, aluna da 3ª série do Ensino Médio, aprovada no C1 Advanced fala a respeito. “O Colégio Cruzeiro me proporcionou grandes oportunidades em certificações de língua inglesa, pois, desde o 5º ano, tive aulas com ótimos professores no idioma. Esses educadores me passaram segurança e me apoiaram, além de terem me preparado completamente para concluir o Ensino Médio com diplomas no currículo, sem a necessidade de curso à parte. Por isso, sou muito grata a eles.”

Já o colégio Antares, com sede em Americana, SP, apesar de certificar os alunos há menos tempo – o primeiro exame aplicado pela instituição foi em 2019 – conta com os níveis infantis – Pre A1 Starters, A1 Movers, A2 Flyers – e intermediários – A2 Key, B1 Preliminary e B2 First for schools em seu portfólio, e entende que mais do que nunca os benefícios dos exames são perceptíveis em toda a comunidade escolar: professores, alunos e famílias.

“A avaliação realizada por Cambridge não é uma simples avaliação, mas uma avaliação internacional. Sua conquista é chancelada por uma instituição de grande renome e, posteriormente, reconhecida e aceita por várias universidades e empresas em todo o mundo”, explica Volnei Antonio Sacardo, diretor do colégio.

Os alunos sentem-se motivados ao estudo, e reforçam sua dedicação e empenho. Eles sabem que cada exame realizado comprova a sua progressão, o que o estimula a desenvolver ainda mais suas habilidades linguísticas. “Como resultado maior percebemos o desenvolvimento e a consolidação da autoconfiança do aluno, fundamental para continuar aprendendo em níveis mais elevados”, conclui o diretor.

A instituição, além da certificação dos alunos também tem como diferencial o preparo de professores, qualificação também oferecida por Cambridge English. Após o início das certificações e com o apoio da organização internacional, os professores têm se preparado com treinamentos anuais específicos e certificações internacionais para trabalhar com os alunos.

A necessidade do certificado de inglês avançado dos alunos fez com que todos se mobilizassem no sentido de estudar e buscar mais conhecimento da língua. Outras certificações como CELT-S, CELT-P e TKT fazem parte do currículo dos professores que lecionam no colégio.

Com os cases citados nesse artigo mais uma vez é possível entender que o movimento das escolas regulares se tornando também centros preparatórios dos exames Cambridge English é importante e agrega não só para a instituição no sentido de ser uma melhor opção para os estudos, como também para os alunos que são beneficiados pela parceria e para os professores que também têm ganhos nessa jornada.

Para saber mais sobre cada um desses projetos, acesse os sites das instituições:

Colégio Cruzeiro

Colégio Antares

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.