Exposição traz registros raros do cotidiano dos índios Botocudos

Exposição traz registros raros do cotidiano dos índios Botocudos

Colégio Porto Seguro

02 de maio de 2019 | 12h29

Após a realização da mais recente Assembleia do Instituto Martius-Staden, em abril, houve a abertura oficial da exposição “Expedições Garbe: pai e filho”. A mostra reúne fotos das viagens da família Garbe e traz registros raros do cotidiano dos índios Botocudos.

A palestra de abertura, proferida pelo Prof. Dr. Luís Fábio Silveira, do Museu de Zoologia da USP, teve como tema os naturalistas viajantes no Brasil. Em seguida, o Sr. Bruno Garbe, bisneto de Ernst e neto de Walter, também falou sobre a vida e a obra dos exploradores.

A exposição segue aberta até agosto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na sede do Instituto (Campus Panamby – R. Itapaiúna, 1355). A entrada é franca.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: