O que é Theory of Knowledge (TOK) no currículo IB?

O que é Theory of Knowledge (TOK) no currículo IB?

Colégio São Luís Jesuítas

22 de setembro de 2020 | 10h10

A Coordenadora IB, Andrea Rodrigues, fala sobre a disciplina que propõe reflexões sobre a natureza do conhecimento

Você sabe o que é Theory of Knowledge (TOK) no currículo IB (International Baccalaureate)? Conhecida também como Teoria do Conhecimento, a Theory of Knowledge é uma disciplina que tem função essencial no desenvolvimento do pensamento crítico do indivíduo.

Ramo da Filosofia que tem como objeto de estudo a compreensão do conhecimento, a TOK não deve ser confundida com Epistemologia, que se ocupa mais especificamente do estudo do conhecimento científico. No IB, a disciplina, que é obrigatória, não se propõe a analisar conceitos filosóficos ou teorias de pensadores em especial, mas sim, entender como se dá em nós o processo de aquisição de conhecimento. Como é que eu sei que sei? Sob quais perspectivas podemos analisar ou entender um problema de conhecimento, como podemos formular e fazer o exercício de responder a uma pergunta?

Para nos ajudar nisso, devemos analisar e checar a veracidade dos eventos por diversos ângulos. Refletir sobre o conceito de verdade é parte essencial da disciplina, pois exercita-se o olhar do aprendiz, por meio de perspectivas diversas e contextos variados. O foco está em questões e/ou conflitos de conhecimento em áreas que estão presentes no nosso currículo, tais como Matemática, Ciências, Artes etc.; e outras como sistemas nativos de conhecimento, sistemas religiosos de conhecimento e conhecimento e tecnologia.

Na TOK, um mesmo tema pode adquirir novos aspectos vistos por áreas diferentes e, sem dúvida, fortalece a argumentação e o entendimento, pois amplia a construção do saber a partir de uma compreensão mais complexa de como apreendemos. Além disso, existem meios pelos quais desenvolvemos nosso aprendizado, o que também podem influenciar o entendimento da realidade que nos cerca.

Assim, a disciplina propõe uma reflexão com base em algumas “ferramentas” que auxiliarão no processo de aquisição de conhecimento. Podemos citar a memória, a razão, os sentidos, a emoção, como algumas formas de conhecimento. Indivíduos aprendem de maneiras diferentes e formam opiniões sob influência de diversos aspectos. Por exemplo, poderíamos discutir e refletir sobre a questão da imigração sob a perspectiva ética, econômica ou histórica; poderíamos, também, construir nossa argumentação com base na contribuição que a emoção, a memória ou a linguagem exercem em nosso processo de conhecimento.

A Theory of Knowledge (TOK) é uma das disciplinas centrais do IB, pois propõe, de maneira dinâmica, reflexões sobre nossa realidade e sobre as verdades temporárias do conhecimento, em constante evolução.

Andrea Rodrigues

Coordenadora do IB

E-mail: a.rodrigues@saoluis.org

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: