Atividades cross-curricular no ensino de Inglês

Atividades cross-curricular no ensino de Inglês

Colégio São Luís Jesuítas

24 de novembro de 2020 | 10h05

Língua Inglesa é utilizada para aquisição de novos conhecimentos

No 1.º ano do Ensino Fundamental I, as crianças ainda aprendem de forma bastante lúdica, por meio de histórias, música, games e outras atividades que desenvolvem a criatividade e a imaginação. No ensino da Língua Inglesa, despertar a curiosidade dos estudantes sobre diferentes temas é importante para que o aprendizado seja prazeroso e significativo. Nesse contexto, as atividades cross-curricular são uma boa estratégia de ensino, pois integram diferentes áreas do conhecimento.

Nessas atividades transversais, o inglês é utilizado como meio para que os alunos adquiram novos conhecimentos. “Eu acredito que o mais interessante desse tipo de atividade é o fato de as crianças poderem aprender o idioma estudando sobre a natureza, os animais, a culinária, a cultura de outros países, dentre outros. Essa integração com outras áreas, ou seja, aprender um outro assunto por meio da Língua Inglesa é muito enriquecedor”, afirma Tatiana Schmidt, professora de Língua Inglesa das turmas do 1.º ano do EFI.

Os temas abordados nas cross-curricular activities são voltados para essa faixa etária e por isso ajudam no desenvolvimento de diferentes competências e habilidades. “As crianças se envolvem nos temas abordados e, durante as atividades, revisam o vocabulário e as estruturas aprendidas na unidade, possibilitando a ampliação de repertório”, explica a professora.

As atividades transversais são realizadas ao longo do ano letivo e abordam diferentes temáticas. No 2.º trimestre, uma das atividades foi sobre foods (alimentos) e gostos pessoas, na qual os alunos praticaram as expressões I like/I don’t like. “As turmas conheceram o Lassi drink, bebida tradicional na Índia. Os alunos fizeram em casa e detalharam a receita em vídeos e fotos”, conta Tatiana. Clique aqui e confira o vídeo com alguns momentos desse trabalho.

Outro trabalho desenvolvido pelos alunos exercitou as habilidades artísticas e a criatividade. “Eles conheceram o trabalho do artista Jackson Pollock e fizeram algumas pinturas. Nessa atividade, eles utilizaram instrumentos diversos para pintar. Uma das ‘ferramentas’ foi uma escova de dentes. O resultado ficou impressionante”, destaca a professora.

O coordenador de Língua Inglesa do Colégio São Luís, João Rodrigo Agildo, explica que diversificar a dinâmica das aulas é essencial para que o aprendizado dos alunos seja estimulante. Para João Agildo, “ter a possibilidade de ampliar o repertório cultural por meio de outra língua e de envolver o estudante em sua aprendizagem tornando-o mais competente linguisticamente está em sintonia com os princípios norteadores do curso de inglês do CSL”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.