A história de São Paulo recontada pelo Colégio São Luís 

A história de São Paulo recontada pelo Colégio São Luís 

Colégio São Luís Jesuítas

24 Janeiro 2017 | 15h50

Igreja e fachada_blog_estado

Fachada do Colégio São Luís na Avenida Paulista, na década de 1970

 

Em 2017, quando o Colégio São Luís comemora 150 anos, um capítulo importante da história de São Paulo é recontado. Assim como a cidade – que cresceu ao redor do colégio criado pelos padres Manoel da Nóbrega e José de Anchieta há 463 anos – o São Luís também foi fundado por jesuítas. Primeiramente instalado em Itu (SP), em 1867, depois de meio século foi transferido para a cidade de São Paulo, em 1918, quando a avenida Paulista ainda era formada por casarões.

Neste resgate histórico, é possível perceber o diálogo constante entre o que acontece dentro e fora dos muros da escola. O Colégio São Luís sempre esteve em busca da melhor resposta aos desafios de cada tempo, renovando a sua prática, seguindo assim a tradição inovadora da Companhia de Jesus. Já nos tempos do Brasil imperial, o Colégio mantinha um laboratório, onde os alunos faziam experiências de Física, e uma Academia Literária, com grupos dedicados à leitura e ao teatro. Além disso, a educação física incorporou exercícios de chute à bola antes de Charles Miller trazer o futebol para o Brasil – o que permitiria afirmar que o esporte mais querido dos brasileiros foi gestado no Colégio São Luís de Itu.

Com o passar do tempo, o Colégio renovou suas instalações, adequando-as às demandas dos estudantes, à chegada dos novos meios de transporte e aos novos usos da Avenida Paulista. Empenhou-se, sobretudo, para formar cidadãos com competência acadêmica e visão humanizada de mundo.

Hoje, o São Luís possui cerca de 2.500 alunos e mantém-se como um dos mais tradicionais e respeitados colégios do país, educando a partir dos valores cristãos e fornecendo uma sólida formação acadêmica e humana. Uma história que continua acompanhando os movimentos e os sinais dos tempos e buscando dar respostas eficazes aos desafios que s apresentam em cada momento histórico.

Nas festividades dos 150 anos, que terão uma agenda de eventos a partir de maio, estão previstas atividades abertas ao público paulistano. Será a nossa maneira de retribuir à cidade sua importância na história do Colégio.

Momentos da história a cidade de São Paulo relacionados ao Colégio:

• Liberados mais cedo da escola, padres e alunos do São Luís participaram de comícios e manifestações que antecederam a Revolução de 1932.
• Alunos do Colégio utilizavam o bonde Grande Avenida para ir à aula, na década de 1940, quando as ruas começaram a ser preparadas para o fluxo de automóveis.
• Em 1968, iniciou-se a construção da primeira linha de Metrô e a Paulista havia virado um corredor financeiro e comercial. Acompanhando os avanços, o Colégio também cresceu, construiu novos prédios, cursos e a criação de uma escola técnica voltada à população de baixa renda e também a Faculdade São Luís.
• Nas manifestações pelo impeachment de Collor, professores e alunos saíram pela Avenida Paulista.
• Na história recente, a avenida Paulista manteve-se palco de manifestações políticas, momento em que, voltando-se a importância da democracia, o Colégio posicionou-se e incentivou o debate e o exercício da tolerância para a convivência.