Um zoo sob o olhar crítico da Biologia

Um zoo sob o olhar crítico da Biologia

COLÉGIO SANTA MARIA

10 Junho 2016 | 07h30

Autoria: Adriana de Oliveira Pires

 

O curso de Biologia do Ensino Médio do Colégio Santa Maria pretende mais que ensinar conteúdos técnicos e compartimentalizados. Investimos em um curso integrado e atual que lança luz sobre questões controversas e que exigem cada vez mais um posicionamento político individual. Queremos que nossos alunos tenham compreensão dos aspectos biológicos, além dos sociais e econômicos, envolvidos em questões polêmicas como a proibição da pesquisa com embriões humanos, o uso de animais como cobaias, a produção e o consumo de transgênicos e a desobrigação do licenciamento ambiental, entre outras. Acreditamos que somente a partir da compreensão de todas as variáveis envolvidas é possível haver o posicionamento inequívoco de cada cidadão.

 

Sob essa perspectiva e para promover a reflexão sobre os direitos dos animais, o curso de Biologia desenvolveu, em parceria com o curso de História, um pequeno projeto interdisciplinar com os alunos da 2ª série. O projeto traçou um paralelo entre as viagens empreendidas pelos viajantes das expedições artísticas e científicas no período colonial e a criação das coleções particulares que deram origem aos parques zoológicos.

 

Como parte do estudo, os alunos fizeram uma visita monitorada à Fundação Parque Zoológico de São Paulo, onde tiveram acesso ao setor de alimentação animal e aos recintos das girafas, dos rinocerontes, dos elefantes, da onça, dos jacarés-de-papo-amarelo e das araras azuis. Durante a visita técnica, os alunos coletaram dados sobre o tipo de alimentação que é preparada para os diferentes animais, sobre a área e estrutura dos recintos, sobre o número de animais por recinto, sobre a presença de comportamento estereotipado (apatia e movimentos repetitivos e sem motivo aparente, causados por estresse) e sobre o comportamento do público frente aos recintos.

 

A partir da comparação dos dados coletados com os obtidos por meio da literatura pesquisada, os alunos avaliaram em que medida o nicho ecológico dos animais e suas respectivas necessidades são respeitados pelo zoológico. Além disso, pesquisaram em que medida as atividades descritas na missão autodeclarada pela instituição – Jardim zoológico é o empreendimento autorizado pelo Ibama, composto por pessoa física ou jurídica, que comporta e mantém uma coleção de animais silvestres vivos, em cativeiro ou em semiliberdade, expostos à visitação pública, atendendo a finalidades científicas, conservacionistas, educativas e socioculturais” (Disponível em: http://www.zoologico.com.br/a-fundacao/quem-somos) – têm sido realizadas. Ao final de toda a análise, os alunos foram chamados a tomarem e a justificarem um posicionamento acerca da legitimidade da manutenção desses animais em cativeiro.

 

Esse tipo de estratégia desenvolve diferentes habilidades, como a leitura e interpretação de textos de caráter científico, a capacidade de desenvolver pesquisa com a tomada de dados in loco, de produzir relatório, de organizar argumentos e de defender um posicionamento político individual frente a uma questão real e atual. Por fim, mas não menos importante, esse tipo de atividade reforça a empatia e o respeito do aluno pelo bem-estar dos demais animais.

1006_Zoo1 1006_Zoo2 1006_Zoo3

 

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa Maria