Um curso feito a quatro mãos

Um curso feito a quatro mãos

COLÉGIO SANTA MARIA

02 Setembro 2016 | 07h30

 

Autoria: Adriana de Oliveira Pires

 

Há quase três anos demos início no Colégio Santa Maria, no currículo diversificado, a um curso interdisciplinar experimental feito a quatro mãos, o curso de Bioquímica Experimental. Eu, professora de Biologia, e o professor Maurício Rodrigues, de Química, tínhamos a intenção de criar algo que tornasse a aprendizagem de alguns conteúdos de bioquímica mais prazerosa, dinâmica e que exigisse dos estudantes uma postura ativa. Nada nos pareceu melhor que as atividades experimentais, pois exigem organização, observação, coleta de dados, análise e proporcionam a descoberta.

 

O curso de Bioquímica Experimental faz parte do currículo diversificado que o Colégio oferece às turmas da 3ª série do Ensino Médio, tem duração de dois bimestres e recebe, em média, 20 alunos por turma. O número de vagas disponibilizado para as inscrições, que são voluntárias, é pensado de maneira a promover o acompanhamento da atitude investigativa do aluno, permitindo rápidas intervenções, quando necessárias.

 

As aulas são organizadas para que os estudantes, em duplas ou trios, executem um protocolo experimental na sua totalidade, desde a preparação das soluções que serão utilizadas à limpeza da bancada ao final da aula. O repertório teórico necessário à execução do protocolo ou à análise dos resultados é desenvolvido no laboratório pelos dois professores, em parceria. Os conteúdos bioquímicos que permitem as atividades experimentais são vários: processos metabólicos das células, transportes de membrana, composição química das células, entre outros. No entanto, os conteúdos bioquímicos não são os únicos relevantes e intencionalmente desenvolvidos. As habilidades exigidas na experimentação também são ensinadas e aprendidas. Os alunos são continuamente estimulados a agir, observar, analisar, resolver problemas, avaliar seus erros e repará-los.

 

Um curso feito a quatro mãos gera inúmeras oportunidades de aprendizagem. Aprendizagens que não ficam restritas aos conceitos e às habilidades que compõem as competências da Biologia e da Química, mas que passam por valores como parceria, respeito, colaboração, construção coletiva de conhecimento. Os alunos exercitam esses valores trabalhando em duplas ou em pequenos grupos, dividindo atividades, partilhando e construindo o saber. Os professores – as quatro mãos – também exercitam os mesmos valores enquanto se organizam para desenvolver os temas interdisciplinares e partilham seu conhecimento entre si e com os estudantes.

 

Desta forma, o curso de Bioquímica Experimental tem sido de grande valia na formação dos alunos do Colégio Santa Maria, reforçando o caráter integrado do conhecimento e despertando a curiosidade sobre as descobertas das Ciências da Natureza.

 

0209_2016-08-25-PHOTO-00000093 0209_2016-08-16-PHOTO-00000011 0209_2016-08-16-PHOTO-00000010