Ubuntu

Ubuntu

COLÉGIO SANTA MARIA

18 de março de 2019 | 07h30

Autoria: Ricardo B. Ferreira

 

“Vocês sabem o que quer dizer a palavra Ubuntu? E a sua filosofia?” Foi com estas duas indagações que iniciamos as atividades no 8º ano na aula de apresentação do curso de Educação Física do Santa Maria para os alunos.

 

Após algumas tentativas de respostas, tendo os alunos até se aproximado do real significado, assistimos a um pequeno vídeo que mostra um ex-atleta de futebol do Benfica,  Nuno Gomes, em visita a uma pequena comunidade em Cabo Verde. Sua intenção era distribuir chuteiras para um grupo de crianças que, curiosamente, se divertiam jogando futebol com apenas um pé calçado. Foi recebido em tom de festa por ser um atleta conhecido e, após tarefa cumprida, com todas as crianças felizes por terem ganho um calçado novo, estava se despedindo, quando algo o intrigou. Um outro grupo de crianças apareceu para jogar e prontamente os que haviam recebido o presente sentaram-se retirando um pé da chuteira passando para os que ainda não tinham.

 

Assim começou a fazer sentido o que expressa este sentimento. Ubuntu, de origem na língua Zulu, significa que “uma pessoa é uma pessoa através de outras pessoas”, ou seja, sou o que sou pelo que nós somos.

 

Com este espírito de solidariedade, generosidade, empatia, iniciamos as aulas, com a intenção de fomentar no nosso aluno, através de práticas, um olhar para o próximo, cada qual com suas singularidades, mas buscando a harmonia, o bem comum e entendendo que a alegria e sucesso de uns também seria o de outros.

 

Nas atividades subsequentes, procuramos, através de pequenos exemplos práticos, mostrar esta importância que o outro tem para nós mesmos e que somos muito diferentes nas habilidades, gosto pessoal, empenho dentro de uma proposta. Entretanto, tudo que é produzido tem reflexo no coletivo. Mergulhando nesta filosofia, com rodas de conversa sempre no início e final das aulas.

 

Uma das atividades propostas foi a Gincana de Integração, planejada e organizada para ressaltar a interdependência dos componentes de um grupo, no nosso caso, o 8º ano. A intenção é que este aluno tenha um olhar mais amplo, não apenas na comunidade escolar, mas que suas atitudes possam ser transpostas pelos muros do Colégio levando para a sua vida valores que contribuam para uma sociedade mais justa, amistosa e respeitosa.

 

Em um dado momento no vídeo, Nuno Gomes fez uma pergunta para um dos garotos: “Por que vocês jogam com um pé descalço?”, e a resposta traduz bem esta filosofia: “Não jogamos com um pé descalço e sim com um pé calçado”.