Tapete Literário

Tapete Literário

COLÉGIO SANTA MARIA

29 de agosto de 2019 | 07h30

Autoria: Luciane Soares de Menezes Chiochetti e Lucilei Aparecida Spitaletti

“Conte-me uma história!” é uma frase imperativa recorrente de Sherazade em Mil e uma Noites, onde há um tapete mágico que nos convida a ouvir as mais belas histórias. E foram muitas histórias! Como continuar a “voar no mundo da imaginação”?…Afinal, sabemos o quanto a leitura é importante, pois, por meio dela, se abrem novos horizontes e torna-se possível entender e aprofundar conhecimentos sobre o mundo, até atuar nele.

O Tapete Literário no 5º ano do Santa Maria surgiu espontaneamente em um projeto de leitura e oficinas de produção de poesias. Para a composição da documentação pedagógica, das atividades trabalhadas no projeto, os alunos expressaram suas impressões sobre os textos em desenhos. Quando os registros foram retirados do painel pensamos em uni-los e montarmos um tapete para os futuros momentos de leitura, oferecendo certo aconchego aos leitores.

No 5º ano, as atividades de leitura são realizadas com muito prazer. Levamos nosso Tapete Literário para diferentes ambientes do Colégio, livros de diversos autores e gêneros. O objetivo dessa atividade é enriquecer o aluno, gerar um vocabulário extenso e rico, motivar uma escrita mais quantitativa e qualitativa, levando-o a se ver em diversos mundos, onde o mesmo pode trafegar em diferentes rotas e tempos distintos, promovendo desta forma o encontro com o imaginário e renovando o já conhecido com o desconhecido, um encontro com o presente e o passado.

Como material pedagógico, o Tapete Literário transformou-se em uma ferramenta de aproximação do universo da leitura, com momentos em que os alunos se encontram, compartilham suas descobertas e interesses, trocam impressões e aumentam seu repertório linguístico.

A fim de difundir o gênero trabalhado em sala de aula e facilitar o caminho dos alunos até os livros, que ampliam esse conhecimento, o Tapete Literário ocupa um lugar de destaque no desenvolvimento da competência do aluno para realizar a leitura por fruição. Assim, a cada leitura, o que já foi lido muda de sentido, torna-se outro. Com essa prática queremos que nosso aluno saiba que vários sentidos e várias visões podem ser atribuídos a uma narrativa onde se possa imaginar, criar e reinventar.

 

 

Tendências: