Promovendo a interdisciplinaridade

Promovendo a interdisciplinaridade

COLÉGIO SANTA MARIA

21 de dezembro de 2018 | 07h30

Autoria: Maria Luisa Parise

 

Nos últimos anos, em um mundo cada vez mais globalizado e interligado, a preocupação com um ensino mais integrado ganha destaque nos debates educacionais, orientando a construção e a concretização das propostas curriculares.

 

Contextualizar o conhecimento de forma interdisciplinar tem sido uma prática dos educadores do Ensino Médio do Colégio Santa Maria, mobilizando conhecimentos de diferentes componentes ou áreas do saber. A construção de abordagens interdisciplinares pelos componentes das Áreas das Ciências Humanas e Ciências da Natureza aconteceu em diferentes momentos ao longo do ano.

 

Nesse sentido, tivemos no mês de Outubro a segunda oficina de Geo-Química, a partir da análise de amostras de diferentes solos encontrados no Brasil – arenoso, argiloso, humoso e ferrífero – suas características, presença de nutrientes, coloração, capacidade de permeabilidade, escala de pH. A intenção era discutir como diferentes composições de solos reagem em meio acquoso, ressignificando o conhecimento sobre a dinâmica dos solos.

 

No processo de medição do pH de cada amostra, os alunos tinham que escolher o indicador mais adequado. Indicadores são substâncias naturais ou sintéticas que, em função da acidez ou basicidade de um meio, apresentam colorações diferentes. Feita a medição e discutidas as conclusões, percebeu-se que alguns cultivos agrícolas não se adaptam em meio ácido e se faz necessário a prática da calagem, ou seja, a adição de cal/calcário para correção do pH do solo, que foi demonstrada e realizada pelos alunos.

 

Finalizou-se a oficina discutindo a importância dos solos para a produção agrícola, tanto realizada pela agricultura comercial, como, e sobretudo, pela agricultura familiar, em especial, quando se debate a crescente reprimarização da pauta exportadora brasileira, nos últimos anos e que tem se intensificado por conta de um projeto econômico comandado pelo grande capital doméstico e multinacional.

 

Experiências como essa e mesmo a produção de biodiesel que ocorreu no primeiro semestre, integrando teoria e prática e que contou com um retorno altamente positivo dos alunos, revela que os conhecimentos não são saberes estanques e precisam e devem ser cada mais abordados em rede, construindo abordagens e atividades cada vez mais integradas.

Tendências: