Portfólio: ação e reflexão

Portfólio: ação e reflexão

COLÉGIO SANTA MARIA

30 de dezembro de 2020 | 07h00

Autoria – Adriana Pistori

 

Muitos veem o portfólio apenas como uma coletânea de amostras de trabalho, usado para documentar e organizar. Durante este ano, os alunos do 8º ano do Santa Maria utilizaram-se desse instrumento como forma de representar seu pensamento, sentimento, sua maneira de agir, suas competências e habilidades e a maneira como cada um colocou em prática o seu trabalho acadêmico.

Normalmente, a ferramenta é utilizada na Educação Infantil ou nas séries iniciais do Ensino Fundamental, mas pode ser um instrumento de avaliação de metacognição ou avaliação de processo em qualquer etapa da vida acadêmica e até mesmo profissional do indivíduo.

Para mim, foi um instrumento de acompanhamento do desenvolvimento e da qualidade do ensino/aprendizagem, pois os portfólios são trabalhos ilustrativos dos alunos. Devido à distância física imposta pela pandemia, a construção do portfólio foi a maneira mais efetiva de acompanhamento do desenvolvimento de cada um.

Para isso, cada estudante foi instruído a criar o seu, através do sites.google. Nele puderam personalizar suas etapas de construção do conhecimento artístico. Cada um poderia ter a liberdade de caracterizar o portfólio da sua maneira, mostrando as etapas de trabalho, do rascunho ao produto final, colocar, além das imagens, textos, vídeos e outras formas de produção do conhecimento.

A grande vantagem de ter acesso aos trabalhos dos alunos através do portfólio é poder enxergar a escolha do percurso escolhido por cada um e a evolução do desenvolvimento das habilidades e competências e, a partir daí, personalizar o ensino e as exigências em busca da excelência acadêmica.

     

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.