Percurso criativo  

Percurso criativo  

COLÉGIO SANTA MARIA

30 de dezembro de 2019 | 07h30

Autoria – Adriana Pistori

O significado de percurso é caminho, trajeto, curso, rumo… A arte desenvolve esta trajetória através do pensamento, da sensibilidade, da imaginação e da criatividade. As diferentes formas de expressão e os diferentes materiais utilizados possibilitam o desenvolvimento da criatividade. Ao produzir arte, o indivíduo exercita a ação de expressar ideias, sentimentos, emoções e reflexões, assim como desenvolve a segurança em apresentar suas próprias criações.

O papel do professor é o de conduzir a aprendizagem dos saberes artísticos, despertando em cada um, o prazer em criar. Falar em “percurso criativo” é valorizar o que cada um tem de melhor, o que cada um soube expressar, o exercício das habilidades, independente de modelos ou padrões pré-estabelecidos. O ato criador também contribui com o desenvolvimento das relações interpessoais e nas descobertas pessoais, a autonomia, na escolha dos materiais e do caminho a seguir. Todos tëm o seu lado criativo, o que difere e a maneira de como isso é demonstrado, e isso é algo estritamente pessoal, único, pois envolve, além das habilidades motoras, habilidades de pensamento e emoções.

Para ilustrar essa trajetória, alguns alunos do 8º ano do Santa Maria descrevem suas impressões sobre si e sobre a arte:

“Neste ano aprendi mais sobre arte, as diferentes culturas, aprimorei minha visão e, o mais importante, consigo agora olhar para meu cotidiano e nele reconhecer elementos trabalhados em arte durante do 8º ano” – Izabela Nunes (8º A)

“A arte é essencial para qualquer pessoa, pois através dela podemos expressar nossos pensamentos e sentimentos, deixando-os compreensíveis aos outros. Eu gostei de trabalhar com materiais diferentes como as tintas spray, os lápis de cor líquidos e principalmente com os alimentos” – Ana Clara Vitale (8º A)

“Tivemos a oportunidade do aprimoramento artístico, novos conhecimentos perante a fotografia, além de outras inúmeras oportunidades. Alguns trabalhos ficarão na memória, como graffite, escultura e arte comestível” – Fernanda Renda (8º A)

“Durante o 8º ano, percorri um percurso artístico muito interessante: o curso deste ano foi muito inovador e nos proporcionou novas experiências, que saiu do habitual das aulas de arte. Estou muito feliz, pois este ano pude exercitar minha paixão pela arte. Obrigada pelos ensinamentos!” – Rebecca Viana (8º B)

“Precisamos valorizar mais a arte, que consegue unir nossa racionalidade com nossa emoção” – Julia Vilela (8º B)

“Criatividade é inovar e renovar ideias ou retratar algo de um jeito diferente” – Caio Pugliese, Beatriz Athiê, Georg Dias e Pietro Brasil (8º B)

“A função social da arte é possibilitar reflexão e gerar opinião sobre temas diversos” – Lucas Vossem, Mariah Clara Oliveira, Carolina Bete, Isabelle Pastor e Luiz Eduardo Soares. (8º B)

“A arte estimula a percepção, a sensibilidade, a cognição e a criatividade” – Eduardo Barbosa, Gustavo Ottoni e Vitor Hugo (8º B)

“No começo, era mais difícil de conseguir me expressar por meio do desenho e colocar minhas ideias no papel, porém, agora me sinto mais à vontade e consigo realizar ambas as coisas com mais facilidade. Eu costumava pensar que a arte não iria mudar a minha vida, agora vejo que com essas aulas e com tudo que aprendi, ela conseguiu me ajudar a me expressar e a ser mais aberta à opinião dos outros” -Vivian Guedes (8º F)

“Apresentar a arte (Pop Art) na tecnologia, tão presente em nosso dia a dia, é abrir um leque de opções para nosso futuro. A arte é importante para formar opiniões, expandir o conhecimento da própria e de outras culturas, entendermos nossa história, abrir portas para profissões que podem mudar um estilo de vida e até o mundo. A arte está em nosso dia a dia, nas decorações e nas estruturas por onde passamos (arquitetura), nos muros da cidade, nas músicas que ouvimos, no caminho da escola ou do trabalho. Uma nova arte é inventada a cada segundo, inspirando as pessoas e fazendo nosso presente!” – Maria Julia Santoro (8º F)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: