Ouvir e acolher

Ouvir e acolher

COLÉGIO SANTA MARIA

18 de fevereiro de 2021 | 07h00

Autoria – Lara Pecora Polazzo

Ao planejar o retorno às aulas presenciais, algo que não ficou de fora foi o trabalho com as emoções, pois elas estão presentes em tudo na vida e ajudam a regular a atenção, as relações e os processos motivacionais e cognitivos.

Dessa forma, nesse período inicial de adaptação, a escuta ativa dos professores se fez ainda mais presente, ou seja, uma escuta que não se prendeu apenas em responder, mas também em compreender o que estava por trás do que foi perguntado.  Sem julgamentos e sem minimizar as emoções das crianças.

Ouvir e acolher os alunos, de forma que a curiosidade, o entusiasmo e a autoconfiança se façam presentes no processo de aprendizagem, fortalece os laços entre todos.

A partir dessa percepção, as turmas de 2º ano do Santa Maria fizeram algumas propostas em que as crianças puderam falar de seus sentimentos durante a pandemia, do retorno às aulas e, também, da convivência em grupo dentro dessa nova realidade.

Durante as rodas de conversas surgiram emoções de todo tipo: o medo, a frustração, a alegria em estar de volta, a euforia em rever os amigos e a ansiedade em conhecer a nova professora.

Esses momentos foram muito valorizados, pois o aluno se sente parte do grupo quando suas emoções são amparadas e isso, além de possibilitar a construção de um vínculo e de uma relação de confiança com os professores, favorece a criação de um ambiente de aprendizagem ativa, leve, estimulante e feliz.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.