O sarau do Ensino Médio

O sarau do Ensino Médio

COLÉGIO SANTA MARIA

27 Maio 2016 | 07h30

Autoria: Adriano Silva dos Santos

 

O primeiro sarau do ano no Ensino Médio do Colégio Santa Maria é sempre muito aguardado por três públicos diferentes. Em primeiro lugar, estão os alunos da 2ª e da 3ª séries, que já participaram do evento em outros momentos e sabem o que esperar. Depois, vêm os alunos recém-chegados à 1ª série, ainda descobrindo as possibilidades que esse novo nível lhes reserva. São adolescentes que só ouviram falar do sarau, mas ainda não tiveram oportunidade de participar, já que é uma atividade exclusiva do Ensino Médio. O terceiro grupo é o de ex-alunos, principalmente os que se formaram ao final do ano anterior. Eles vêm em busca de retomar/manter o contato com o Colégio, por meio de uma atividade que é tão significativa para todos os envolvidos.

 

Nosso primeiro sarau de 2016 aconteceu em 24 de abril. Por mais surpreendente que possa parecer, centenas de alunos e ex-alunos ficam no Colégio numa sexta-feira à noite, das 18h às 22h, aproveitando música e poesia. Na realidade, o sarau do Santa Maria tem originalmente como objetivo suprir uma necessidade dos próprios alunos: maior contato com a arte e com a possibilidade de se expressar artisticamente. Desde o primeiro sarau, em 2003, ficou claro que o envolvimento com o canto e/ou diversos instrumentos musicais era bastante presente entre nossos alunos. O sarau era a oportunidade para eles ocuparem um espaço importante, significativo.

 

A escola deve ser um ambiente que permita aos alunos oportunidades para desenvolver seus potenciais. No entanto, apenas o currículo regular não dá conta de lidar com todos os aspectos dos adolescentes. O universo simbólico também deve ser trabalhado no espaço escolar, já que é uma parte importante de qualquer ser humano. Música e poesia têm relação com um espaço mais profundo do indivíduo, um espaço que abriga significados criados pela experiência pessoal. Quando são oferecidos aos alunos momentos que dizem algo ao interior de cada um, os adolescentes percebem sentido em estarem naquele lugar, enxergam significado na escola. Algo além do aspecto acadêmico/racional exigido em seu cotidiano na maioria do tempo.

 

De 2003 para cá, os 30 alunos que cabiam numa sala de aula para participar do sarau transformaram-se em centenas. Os adolescentes querem significado. Querem ver sentido em algo, principalmente numa época tão cheia de dúvidas, incertezas. Deixar de trabalhar o aspecto simbólico do ser humano é perder jovens que têm tanto a expressar. É deixá-los procurarem sentido apenas na razão, no racional, no acadêmico. E em muitos momentos a razão só levará até certo ponto do caminho. E, às vezes, deixando ainda longe da resposta de que se precisa.

2705imagem

Mais conteúdo sobre:

Colégio Santa Mariasarau