O que podemos fazer para salvar o Planeta?

O que podemos fazer para salvar o Planeta?

COLÉGIO SANTA MARIA

10 de junho de 2019 | 07h30

Autoria – Marisa Dimov

 

Diariamente somos bombardeados com notícias alarmantes sobre a situação do Planeta que nos levam a questionar a relação que os seres humanos estão estabelecendo com a Terra.

Vários estudos demonstram o colapso da Terra em continuar equilibrando as demandas que a sociedade exige. Inúmeros dados mostram o aumento do Aquecimento Global, contaminação dos Oceanos por plástico, morte em uma escala nunca vista das abelhas, qualidade das águas cada vez pior.

São muitos os exemplos que podemos dar, mesmo assim continuamos a usar combustíveis fósseis, agrotóxicos altamente prejudiciais à saúde da nossa espécie e de outros seres vivos, ao solo, aos lençóis freáticos.

Precisamos mudar radicalmente nossa relação com o Planeta, estamos colocando em risco a sobrevivência da nossa espécie e de outras. Todos podem contribuir com atitudes responsáveis em sua casa, na escola, em seu local de trabalho.

Aqui no Colégio Santa Maria desenvolvemos projetos que objetivam exatamente isso, sair do discurso e partir para a prática. Através do EcoEstudantil os estudantes são levados a refletir sobre as relações que nossa espécie estabeleceu com a Terra, quais as consequências dessas relações e o que podemos fazer para que isso seja revertido.

São inúmeras atividades que desenvolvemos durante o ano e não somente no Dia Mundial da Água, Dia da Terra, Dia Mundial do Meio Ambiente. Fazemos análises químico-físicas e biológicas da água e do solo, visitamos e testamos a água das represas Guarapiranga e Billings. Também realizamos a Limpeza Simbólica da Represa Billings.

Qual a importância de tudo isso? Conhecer os problemas reais que existem e contribuirmos de alguma forma para que o Planeta Terra não seja destruído.

Reciclar, Reutilizar, Reduzir, Repensar, Respeitar, Refletir, Reagir não são apenas palavras, são ações que devem fazer parte do nosso cotidiano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: