O que é Projeto de Vida no Ensino Médio?

COLÉGIO SANTA MARIA

21 de outubro de 2021 | 06h00

Desde que a discussão em torno da Reforma do Ensino Médio começou, as aulas de Projeto de Vida passaram a chamar a atenção pela proposta ser diferente de tudo o que existia no modelo tradicional de ensino. No Colégio Santa Maria, a unidade curricular está no Núcleo Básico Comum da 1ª série.

A equipe pedagógica da instituição considerou que a unidade curricular pode favorecer o amadurecimento do aluno para a decisão dos próximos passos no segmento, por isso não será eletiva. “O estudante vem do 9º ano ainda imaturo, pela pouca idade. Poder cursar Projeto de Vida na 1ª série dentro da grade regular, ou seja, obrigatoriamente, é um facilitador para poder optar com mais segurança pelos itinerários formativos nos dois últimos anos da educação básica”, explica Silvio Freire, diretor do Ensino Médio.

Julia Osório, aluna da 2ª série, cursou Projeto de Vida no ano passado, quando o Santa Maria iniciou a transição para o novo Ensino Médio. Ela fazia uma ideia diferente do que seriam as aulas. “Achei que seria algo como ‘vamos ver o que vou fazer na vida’, mas hoje posso dizer que me ajudou muito a melhorar como ser humano porque foram trabalhadas questões de princípios e valores”, diz.

Segundo a estudante, a disciplina também foi muito importante para enfrentar as questões surgidas durante a pandemia. “Vivendo numa situação pandêmica, todo mundo teve a saúde mental um pouco afetada, perdemos o contato com professores e com os colegas, por isso muita gente se fechou. As aulas nos ajudaram a falar, a nos abrir. Muitas pessoas dizem que foi um ano perdido, mas para mim não foi”, revela.

Após um ano e meio lecionando Projeto de Vida, a professora Adilma Alencar tem uma visão otimista a respeito do currículo. “O aluno é levado a refletir sobre determinados temas que, em algumas situações, ele mesmo traz para a sala. Em outros momentos, eu lanço uma pergunta e a resposta da turma serve como ponto de reflexão, seja sobre questões políticas, sociais ou relacionadas à escolha da carreira, por exemplo”, diz.

A educadora ministra, ainda, o curso Escolha Profissional, um dos mais procurados dentro das unidades eletivas que o Santa Maria oferece para além do currículo básico e dos itinerários formativos, estabelecidos pela Base Nacional Comum Curricular. O objetivo do curso é discutir e pesquisar coletivamente diversos campos profissionais, a fim de preparar o estudante para suas próprias escolhas diante de um mercado de trabalho em constante mudança.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.