O frevo do 1º ano

O frevo do 1º ano

COLÉGIO SANTA MARIA

09 Julho 2018 | 07h30

Autoria:  Wallace de O. Marante

A apresentação do 1º ano na tradicional Festa Junina do Santa Maria, mais uma vez, foi marcada pela energia, colorido, entusiasmo e alegria dos alunos nessa belíssima manifestação da cultura popular brasileira.

Nossos alunos e alunas se identificaram profundamente com o frevo e toda sua colorida indumentária.  A proposta de movimentação, apesar de complexa, parece no fundo uma grande brincadeira de ferver, pular e se divertir, tudo que nossos alunos adoram fazer…

O trabalho de preparação seguiu um roteiro planejado para esta faixa etária: depois da apresentação do repertório das músicas, fizemos uma oficina de movimentações voluntárias, com a experimentação dos passos específicos do frevo e a criação das coreografias, com o objetivo de envolver os alunos em um clima de diversão, possibilidade de expressão corporal. Acolhemos suas sugestões e propusemos exercícios para o domínio dos movimentos de acordo com os desafios das cinco canções do frevo escolhidas pela equipe de educadores da série.

Enquanto dançam, os alunos produzem e reproduzem movimentos que vão fazendo sentido no espaço que eles precisam ocupar, no ritmo e no trabalho coletivo, pois eles manifestam muita satisfação quando percebem que conseguem dançar todos juntos, num só movimento. Acrescentamos deslocamentos no espaço para mudar de uma música a outra de forma que ocupassem todo o espaço das quadras, produzindo desenhos e movimentos com os babados das roupas e das sombrinhas.

As crianças se apropriam das músicas, que se tornam também ricos instrumentos de aprendizagem em sala de aula. Nas aulas de música da professora Luciane, os alunos entoam as canções e assimilam mais ainda os movimentos  desse acelerado ritmo para que a experiência tenha ainda mais significado e valor.

Nesta linda festa também contamos com a presença  dos nossos mamulengos, os bonecos gigantes de mãos molengas, representando os santos das Festas Juninas e  o querido Padre Moreau, fundador da Congregação das Irmãs da Santa Cruz, confeccionados pela professora Leozinha, de Artes.  Esta foi a homenagem aos 70 anos da fundação de nosso Colégio, representada também pelos estandartes coloridos.

A participação dos pais nesse ano também merece destaque especial. Além de se encantar com seus pequenos, puderam encerrar nossa apresentação dançando junto com seus filhos ao som de “Pombo Correio” e “Festa do Interior” numa harmonia surpreendente. Todos saíram das quadras emocionados.

Já deu saudades. Ainda bem que ano que vem tem mais!