O diálogo entre a Arte e a Matemática

O diálogo entre a Arte e a Matemática

COLÉGIO SANTA MARIA

19 de novembro de 2020 | 07h00

Autoria – Ana Angélica Cardoso Machado Castilho e Luciana Diniz

A Arte e a Matemática têm profunda conexão como áreas do conhecimento e permitem amplas possibilidades de integração em projetos de estudo e investigação nas séries iniciais. As regularidades observadas e as generalizações estabelecidas são o foco da discussão para a construção da ideia de padrão, presente tanto em uma como em outra disciplina.

Não é necessário ser um matemático para perceber a forte influência da Arte desde a antiguidade clássica nas áreas afins, por meio da descoberta da proporção áurea, da luz e sombra e da ilusão de profundidade em uma obra.

A transformação da pintura mostra uma clara articulação com as ideias matemáticas, pois a perspectiva no Renascimento contou com a colaboração de grandes matemáticos para compreender melhor como exprimir em uma tela a ilusão da realidade.

A partir do século XIX, em várias correntes artísticas, encontramos a Matemática dialogando com o concretismo, com a arte abstrata e com os padrões presentes em ambas as disciplinas e na natureza.

No 4º ano do Santa Maria, desenvolvemos um trabalho privilegiando esta interdisciplinaridade nas abordagens, tendo como base a arte concreta.

Na Matemática, apreciamos as obras do artista Piet Mondrian evidenciando os elementos formais: linhas retas, paralelas e ortogonais, cores primárias e não cores e as formas geométricas quadrados e retângulos, simetria. A partir da observação e investigação das regularidades presentes nas pinturas do artista e dos elementos formais, os alunos criaram composições utilizando diferentes materiais para representá-la.

Em Artes Visuais ampliamos os conceitos mediados considerando a reflexão sobre os espaços bidimensional e tridimensional, tanto das obras de Mondrian como em relação às esculturas dos artistas Amilcar de Castro, Lígia Paper, Frans Waisman e Lígia Clark.

Os alunos observaram as diferenças entre os trabalhos artísticos objeto de análise, além de identificar os elementos formais e recursos utilizados: formas geométricas, cores, materiais, dobras, cortes, vincos, espaços vazados.

Finalizaram a proposta de estudo por meio de produções tridimensionais com papéis coloridos visando uma poética artística.

Independente da modalidade de expressão escolhida para a manifestação das ideias: pintura, música, escultura, teatro e poesia, a Arte e a Matemática utilizam-se da abstração e da imaginação para representar simbolicamente conceitos como estética,  organização, equilíbrio, desequilíbrio e harmonia presentes na realidade vivida pelos alunos no mundo em que estão inseridos, promovendo a construção de conhecimentos e habilidades necessários ao seu pleno desenvolvimento como estudante e sujeito aprendente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: