Música e Geografia

Música e Geografia

Colégio Santa Maria

22 de novembro de 2019 | 07h30

Autoria: Fernando Uesato

A música é uma das formas de expressão mais populares do mundo. Nas mais diversas situações, surgem composições que retratam a vida dos povos, das comunidades, da sociedade e, consequentemente, das pessoas que se sentem representadas por elas.  Para onde quer que se olhe, existe alguém com um par de fones curtindo uma canção ou apenas cantarolando uma melodia com um significado especial.

Em suas diversas vertentes, a música é utilizada para uma série de finalidades, desde o simples entretenimento até severas formas de crítica social.  Considerando isto, por que não a utilizar para aprofundar temas de grande importância para a reflexão sobre o mundo? No curso de Geografia do Santa Maria, entendemos que a música enquanto forma de expressão traz um enorme potencial para o desenvolvimento acadêmico dos nossos estudantes. Aproveitando a enorme capacidade de síntese que esta forma de arte possui, nos apropriamos de composições para abordarmos questões que envolvem os mais variados campos da Geografia, como políticas públicas, questões urbanas, economia entre outros.

O uso das obras em sala de aula cria uma experiência muito rica e dinâmica na qual as alunas e os alunos podem se apropriar das canções que por eles passavam despercebidas. Analisando letra, conteúdo, ritmo e os relacionando a determinados conteúdos, é possível provocar uma imersão dos alunos nas matérias, produzindo, assim, um processo muito mais satisfatório.

Uma das obras usadas nesse processo foi “Um homem na estrada”, do grupo Racionais MC’s, que conta a história de um ex-presidiário e relata o contexto que o circunda.  A partir deste Rap é possível pensar em uma série de questões a respeito da constituição do espaço urbano: segregação socioespacial, desigualdade econômica, racismo, a relação do poder público com as periferias, o papel do Estado, políticas de segurança pública praticadas no Brasil  e muitas outras questões que acabamos descobrindo cada vez que escutamos novamente a narrativa sobre  aquela realidade. O mais importante disso é que, ao associar esta melodia ao conteúdo, vamos para além de uma apropriação apenas estética e passamos a desvendar as várias camadas que compõem o trabalho artístico. Com certeza é uma obra que nos tira do lugar e nos põe a pensar neste imenso mundo que habitamos.

Considerando a boa experiência no uso da música como ferramenta para aprofundamento de conteúdos, em 2019 ministramos para a 2ª série do ensino médio do Colégio Santa Maria o curso Geo música – expandindo a percepção, no qual a música não é apenas uma ferramenta, mas sim o pivô de todo o curso. Com isso esperamos proporcionar aos nossos alunos e alunas formas enriquecedoras de aprendizado, que os envolvam e que possibilitem uma compreensão mais ampla do mundo em que vivemos.

Tudo o que sabemos sobre:

Colégio Santa Maria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: