Olha LOBATO, alunos do Santa Maria reinando em “Reinações”!!!

Olha LOBATO, alunos do Santa Maria reinando em “Reinações”!!!

Colégio Santa Maria

20 Setembro 2018 | 14h06

Autoria: Patrícia Almeida e Graciela Dagnolo

 

Se Monteiro Lobato tivesse vindo ao Colégio Santa Maria no último sábado, ficaria maravilhado ao ver uma de suas obras mais famosas retratada com tanto préstimo, delicadeza e dedicação. Ele, no entanto, também poderia apostar com a boneca Emília que os alunos estiveram tramando alguma coisa! E como a boneca não gostava nunca de perder, aliou-se a eles para um encontro de descobertas.

Reinações de Narizinho foi a obra escolhida como carro-chefe do projeto literário do 3º ano. Um desafio diante das novidades do mundo tecnológico que envolve as crianças neste século XXI, mas as aventuras no Sítio do Pica-Pau Amarelo não envelhecem nunca e puderam comprovar essa afirmação. Com a curiosidade despertada a cada capítulo do livro, os alunos seguiram os conselhos de Dona Benta e viajaram nas histórias.

“Mergulhando no ‘Reino das Águas Claras’” foi o tema escolhido para celebrar a Semana Padre Moreau em comemoração aos 70 anos do Colégio Santa Maria. Os alunos coletaram dados, digitaram descobertas a respeito de diversos autores e criaram slides informativos. Utilizaram instrumentos colaborativos de aprendizagem e prepararam as informações literárias expostas no cenário montado no pátio da escola. “Pescar autores” também foi diversão garantida a todos que visitavam a exposição!

As águas apressadinhas e mexeriqueiras do ribeirão corriam perto das pedras negras de limo que Narizinho chamava de “Tias Nastácias do rio”. Dentro dessas pedras, os alunos deixaram registradas suas pesquisas. Quem passava pelo reino encontrava a linda Iara, a sereia do nosso folclore, e também podia aprender um pouco mais sobre a literatura brasileira e mundial. As boas histórias também deviam ‘cair na rede’, exatamente no sentido de que o leitor explorasse e relatasse sua contribuição de leitura às pessoas que transitavam pelo pátio.

“Felizmente era tempo de jabuticabas! O tempo era pouco para aproveitarem aquelas gostosuras.” (p.45). As jabuticabeiras dos alunos do 3º ano tinham um “PLIC-PLOC-NHOC” como as que Narizinho jogava ao Marquês de Rabicó, que sempre esperava os caroços embaixo da árvore. Adultos e crianças na exposição se deliciaram ao abrir as jabuticabas com indicações literárias escritas à mão e promovendo ótimas conversas!

A narrativa do “Reinações” também revelou momentos incríveis de participação das famílias dos alunos que compareceram às oficinas realizadas nesse dia. Pais, filhos, avós e amigos compartilharam experiências exploradas no livro e também a fantasia dos pequenos ao apreciarem os bonecos confeccionados nas aulas de Arte. Sem esquecer-se da exposição sobre a leitura do “olhar de cada aluno” em sua visão de mundo particular. Um trabalho sensível e pleno!

Tia Nastácia não escapava das “artes” de Emília e resolveu colocá-la para costurar. As oficinas estavam a todo vapor. Os alunos confeccionaram o brinquedo ‘5 Marias’ e ‘bonecos de meias’. Não faltou criatividade e destreza com as agulhas, linhas e tecidos.

Pedrinho e Narizinho trouxeram a ideia da ‘Peteca’ e os alunos aproveitaram os espaços de tempo entre as oficinas para jogar um pouquinho com seus familiares.

Dona Benta, após as leituras em sua varanda, sugeriu que os alunos fizessem marcadores de livros para que não perdessem o trecho em que haviam parado de ler.

Monteiro Lobato realmente estaria extasiado após uma manhã alegre, festiva e recheada de conhecimentos construídos ao longo do ano, contemplando sua obra-prima!

Foi um reino de claras inspirações!