Interações, protagonismo e construtividade

Interações, protagonismo e construtividade

COLÉGIO SANTA MARIA

03 de julho de 2019 | 07h30

Autoria: Gisele Coli

…consideramos o processo de aprendizagem um processo criativo. Por criatividade entendo a aptidão para construir novas conexões entre pensamentos e objetos trazendo inovação e mudança, tomando elementos conhecidos e criando novos nexos.

Carla Rinaldi

As vivências com jogos de construção permeiam o trabalho do Jardim II do Santa Maria e possibilitam às crianças imaginar, criar e investigar a partir de experiências com diferentes materiais. Placas de madeira, troncos de árvore, bambus, rolhas aguçam a criatividade e a imaginação.

Conforme as ideias tomam forma, as crianças constroem casas, fazendas, elevadores, pistas de corrida, casas de passarinho, canis e pistas de dança. Parcerias se formaram a partir dos interesses das crianças e as aproximações de pensamentos.

“É a casa dos animais.” (S. 4 anos e 4 meses)

“A porta não está fechando.” (G. 4 anos e 8 meses)

“Vamos colocar os bichinhos lá dentro. Eles vão dormir.” (G. 4 anos e 8 meses)

“É a casa fazenda.” (L. 3 anos e 11 meses)

 Esses momentos são oportunidades enriquecedoras para conviver, dialogar, tomar decisões, aprender uns com os outros, buscar estratégias, confrontar, trocar ideias e explorar noções matemáticas.

“Tem que colocar aqui para não cair.” (V. 4 anos e 8 meses)

“É o elevador!’ (T. 4 anos e 3 meses)

“É engraçado quando cai.” (A. 4 anos e 4 meses)

“Coloca  a pecinha aqui pra ela descer no elevador da torre.” (V. 4 anos e 8 meses)

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: