Inspiração em Fabiana Murer

Inspiração em Fabiana Murer

Colégio Santa Maria

08 Março 2016 | 07h30

Prática de Ginástica Artística na infância cria campeã

Conceição do Nascimento Silva, instrutora de cursos livres do Santa Maria, há quase 30 anos trabalhando com Ginástica Artística, é a maior incentivadora da prática desta modalidade entre as crianças e comenta: “Existe um caminho longo a percorrer entre a iniciação e o treinamento para as competições. As habilidades vão sendo desenvolvidas gradativamente. Começam conhecendo seu próprio corpo, sua flexibilidade, aprendendo sobre seus limites e esforçando-se aprimoram seu desenvolvimento motor. Através de atividades variadas, a Ginástica Artística oferece aos alunos e alunas diversas possibilidades para seus saltos, equilíbrios e posições diversas”.

Quando as crianças iniciam na modalidade, também desenvolvem uma série de movimentos de solo que serão apresentados em festivais. Gradativamente, vão aumentando as possibilidades nas séries e tendo liberdade para escolherem os movimentos e saltos que mais sentem-se à vontade e seguros para apresentar.

Segundo Nilges (2000) apud Tsukamoto, Nunomura (2005, p.162), “além de desenvolver capacidades como força, flexibilidade e controle corporal, a Ginástica pode contribuir para a aquisição de outras habilidades esportivas, como o giro de pivô do basquetebol e o salto com vara no atletismo.”

Pois é com esta última ideia que a instrutora Conceição fala de sua aluna Fabiana Murer, atleta do salto com vara e grande promessa para a equipe de Atletismo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016: “Fabiana iniciou no esporte participando de aulas de Ginástica Artística aos sete anos de idade e depois passou para o salto com vara. Toda sua vivência na Ginástica pode ajudá-la a se aprimorar e melhorar seu desempenho nos saltos e saídas, já que necessita de habilidades específicas que só poderiam ser trabalhadas com a técnica da Ginástica. Ela é muito dedicada, tenho muito orgulho de fazer parte de seus treinamentos (treinam aos sábados) e poder partilhar suas conquistas. É uma grande profissional, que incentiva os outros atletas a darem sempre o seu melhor, se superarem”.

0803_MG_5856 0803_MG_5895 0803_MG_5896

“O professor, ao realizar atividades com movimentos diferenciados, criará cada vez mais a ampliação da área motora e grandes benefícios serão obtidos na melhoria das capacidades motoras. A ginástica artística é uma modalidade que envolve tanto a parte física quanto a parte intelectual na parte em que o aluno tem que pensar antes de executar certos movimentos… A ginástica artística tem atividades de amplos movimentos, podendo ser considerada uma modalidade básica que conduz o aluno a um melhor desenvolvimento motor. O domínio do corpo é de suma importância, pois o aluno saberá controlar melhor seu corpo nas demais atividades em geral, sua postura na sala de aula é melhor, a integração social, disciplina, responsabilidade, iniciativa e organização são mais destacadas que nos outros alunos, além de trabalhar a resistência muscular localizada e geral, coordenação, flexibilidade, equilíbrio, ritmo e consciência corporal (BEZERRA, FILHO, FELICIANO, 2006).”

No Colégio Santa Maria, temos atualmente 40 alunos na prática da Ginástica Artística e Conceição acrescenta: “Tenho descoberto alunos e alunas com muita habilidade. A prática esportiva exige disciplina, dedicação e empenho e as crianças têm aprendido desde pequenas que todo esforço vale a pena. Quem sabe futuramente não teremos atletas campeões!”