Hora da volta de quem sempre esteve presente

Hora da volta de quem sempre esteve presente

COLÉGIO SANTA MARIA

22 de outubro de 2020 | 07h30

Autoria – Veronice Leal

Tudo preparado! Mesmo após mais de sete meses ausentes por conta da pandemia de Covid-19, os alunos não deixaram de estar presentes dentro da escola: no preparo de cada espaço ampliado, renovado, higienizado e acolhedor que estava sendo feito e refeito. Houve a realização de um plano de retomada para que cada um, ao adentrar os espaços do Colégio Santa Maria, sentisse segurança, ainda que respeitando as normas de distanciamento.

Todo esse processo acontecia enquanto as aulas permaneciam remotas. Assim, alunos e professores do 5º ano estavam em contato virtual continuamente com atividades pedagógicas, exercícios físicos, músicas e aulas de inglês e artes. Entretanto, o convívio social e a interação faziam muita falta, como diz Isadora Dal Bó, 10: “Como é bom estar aqui! O que mais me deixou com saudade foi não poder estar com minhas amigas!”

Por isso, 13 de outubro foi aguardado pelos alunos da série com muita ansiedade. Essa é a palavra que melhor define o sentimento que estampava cada semblante e era visível no olhar brilhante dos alunos. “Quanto tempo passou! Estava morrendo de saudades da escola, dos professores e dos amigos! Como é bom poder voltar!”, exclama Rafaela Miwa, 11, olhando para a sala de aula, hoje tão diferente daquele dia em que a deixou…

Professoras e orientadora junto com os alunos percorreram os espaços revisitados. Era o novo olhar para os caminhos antes percorridos com pressa, sem notar os detalhes.

Observamos que o acolhimento era visível também na natureza! A alegria contagiou os passarinhos, que nos mostraram com todo carinho o verdadeiro significado da palavra “cuidar” e “acolher” ao construírem um ninho ao lado de uma sala de aula.

Hora de agradecer! Assim, fomos à capela, emocionados por estar de volta ao nosso Colégio. Nunca os vitrais estiveram tão coloridos e reluzentes! “Como a Capela está linda!”, admirou-se Amanda M. Kimura, 10, ao dirigir-se com as colegas ao altar.

Nenhum detalhe escapava da contemplação e felicidade dos alunos por estarem novamente no espaço familiar, mas tão diferente. Ouvir histórias, brincar ao ar livre, agradecer, olhar e ver, ações, que, neste momento, têm um novo significado!

Eles não estão voltando de férias, mas sim de um período difícil, que merece atenção para que as angústias não os impactem ainda mais. Por isso, a preocupação com os alunos do 5º ano do Colégio Santa Maria estava direcionada ao acolhimento, que se deu desde o instante que a equipe docente se reuniu para preparar esse momento.

Lidar com a nova realidade e ter motivação para seguir em frente são os objetivos atuais essenciais que nós, educadores do Santa Maria, desejamos para o “novo normal” dos alunos e futuros profissionais do século XXI.

   

   

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.