História, poema e religião

Colégio Santa Maria

22 Março 2017 | 07h00

Autoria: Cristiane Paulon

O que um poema de Manuel Bandeira tem a ver com as aulas de História do Brasil? Como a literatura pode desenvolver uma consciência crítica sobre o mundo? Que valores cristãos podemos formar a partir das aulas de História?

Essa interação entre disciplinas aparentemente distintas chamada de interdisciplinaridade é uma maneira complementar ou suplementar que possibilita a formulação de um saber crítico-reflexivo.

O poema “O Bicho”, tipicamente modernista, de Manuel Bandeira, apesar de escrito na década de 40, aborda um tema atual da sociedade: a desigualdade social. Isso foi o que os alunos do 5º ano do Fundamental I do Santa Maria puderam perceber ao analisar o poema nas aulas de Português e discutir sobre seu conteúdo nas aulas de História e Ensino Religioso.

Ao contrário de muitos poemas, que descrevem as belezas e que idealizam a pureza da alma, o poema de Manuel Bandeira descreve as condições subumanas em que vive o homem marginalizado em nossa sociedade.   A luta de grande parte da população para ter uma vida digna e o sofrimento dos moradores de rua, que retiram seu alimento do lixo como um animal que luta para sobreviver, foram temas das conversas e reflexões propostas.

Essa condição miserável em que vivem muitas pessoas, devido à falta de oportunidade, foi também trazida para a discussão à luz da Bíblia, levantando nossa responsabilidade enquanto cidadãos e cristãos.

Abordar um assunto sob diferentes pontos de vista auxilia o aluno a superar o pensamento fragmentado, construindo uma base sólida para outros saberes.