Estudar: como se aprende?

Estudar: como se aprende?

Colégio Santa Maria

12 Julho 2016 | 07h30

Autoria: Walkiria Rigolon

Você se lembra do tempo em que foi aluno no Ensino Fundamental ou Médio? Será que se recorda de ter aprendido na escola a resumir, a fazer uma resenha, uma anotação ou um mapa conceitual?

12072016Se buscarmos em nossa memória como aprendemos a estudar, salvo raras exceções, dificilmente nos lembraremos de aulas em que o próprio ato de estudar fosse tratado como conteúdo de ensino.

Na maioria das vezes, procedimentos de estudo como anotar, resumir, fichar, resenhar, esquematizar etc eram solicitados, mas não ensinados. Estavam sempre presentes  nas comandas das  “lições de casa” ou nas atividades propostas em sala de aula, porém não eram ensinados, tinham de ser realizados de forma amadora e sem a orientação necessária.

Assim, o domínio de tais procedimentos eram compreendidos quase que como uma espécie de dom, que alguns dominavam e outros não.

 

É recorrente ouvirmos por parte de pais e professores queixas sobre os alunos como: “Não gostam de estudar”; “Não conseguem fazer um resumo”. Porém, precisamos nos perguntar: Eles sabem estudar? Será que os ensinamos a estudar ou apenas solicitamos que estudem?

Não estamos aqui desqualificando as queixas citadas, mas é preciso chamar a atenção para importância desta temática. Aprender a estudar é condição primordial para o desenvolvimento da autonomia e emancipação, precisamos tornar os alunos em verdadeiros estudantes. Afinal, como dizia Paulo Freire: ”estudar não é um ato de consumir ideias, mas de criar e recriá-las”.

Desta maneira, o PRISMA – Centro de Estudos do Colégio Santa Maria, desenvolverá, em sua programação de Formação de Professores – 2º semestre de 2016, um curso voltado aos professores do ensino Fundamental 1, 2 e Ensino Médio sobre o tema.

Informações no site http://www.prismacentrodeestudos.com.br/site/cursos.asp