Estudantes “limpam” a Represa Billings

Estudantes “limpam” a Represa Billings

Colégio Santa Maria

10 de dezembro de 2018 | 07h38

Autoria: Marisa Dimov

No projeto EcoEstudantil da série, o 9º ano do Santa Maria trabalha com questões da contaminação do solo e da água e também com a escassez de água de qualidade. Uma das atividades que desenvolvemos é a Limpeza Simbólica da Represa Billings, como forma de os estudantes vivenciarem a experiência de cuidar de algo tão importante como uma Represa.

Esta foi a quarta vez que realizamos a atividade, e neste ano de 2018 contamos com a presença de estudantes de outras séries – 7º e 8º ano.

A cada ano, notamos que aumenta o volume de lixo encontrado no parque de entorno, nas margens e na água da Represa. São os mais variados tipos de resíduos: sacos de plástico, animais mortos, garrafas e cacos de vidro, latas, engradados, brinquedos e um “mar” de garrafas PET. Todos materiais que não deveriam ser encontrados no local.

Neste ano não foi diferente e também observamos que a coloração da água da represa está bastante alterada, provavelmente devido ao aumento de algas, demonstrando assim a presença de despejo de esgoto doméstico.

Nossa atividade tem como objetivo permitir que os estudantes percebam a necessidade de aumentarmos o cuidado com a qualidade da água que abastece parte da população de São Paulo. No ano que vem realizaremos a atividade novamente. Será que o descuido ainda estará presente? Esperamos que não!