Ensino presencial na Educação Infantil

Ensino presencial na Educação Infantil

COLÉGIO SANTA MARIA

10 de março de 2021 | 07h00

Autoria – Fatima Regina F. T. Perazzoli

Escola, espaço habitável. Lugar de encontro, interações e aprendizagens. Mas em tempos de distanciamento, como garantir a inteireza e os direitos das crianças no retorno presencial à escola?

Além da organização dos espaços, materiais e protocolos de distanciamento e higiene, pensar o trabalho em pequenos grupos tem sido fundamental para este retorno, garantindo o acolhimento, a formação do grupo e a singularidade dentro de um espaço coletivo. As propostas para estes momentos são planejadas considerando a importância das interações e das brincadeiras como eixos estruturantes no trabalho da Educação Infantil.

Cotidianamente, em pequenos grupos, as crianças ocupam os espaços externos do Santa Maria e são convidadas a conviverem, brincarem, participarem, explorarem, expressarem e conhecerem-se. Desta forma vivenciam oportunidades significativas de descobertas e aprendizagens por meio de múltiplas linguagens e experiências, envolvendo a postura investigativa, a construção de novos conhecimentos, a educação dos sentidos, a imaginação, a criatividade, a corporeidade, a cooperação e a ampliação dos vínculos afetivos.

Entre as situações vivenciadas, nestes tempos em que a segurança e a higiene são essenciais, destacamos os jogos e as brincadeiras, as rodas de conversa, a leitura de histórias, os ateliês de pintura, as trilhas pelo bosque, a teatralidade, os desafios matemáticos e de linguagem, as explorações na natureza, os piqueniques e desafios motores no parque, quadra e campo gramado ao ar livre e em ambiente arejados.

E neste convite diário as crianças são acolhidas em suas individualidades. Com protagonismo, encantamento, curiosidade e leveza ocupam a Escola, interagem e constroem saberes mesmo frente às limitações que este período nos impõe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.