Cursos profissionalizantes no Supletivo

Cursos profissionalizantes no Supletivo

Colégio Santa Maria

30 Maio 2015 | 06h40

foto4

Além da oportunidade de se profissionalizar, estudantes da EJA do Colégio Santa Maria têm a chance de entrar no mercado de trabalho por meio de parcerias da instituição

Algumas alunas da EJA (Educação Para Jovens e Adultos) do Colégio Santa Maria concluíram o curso de manicure e a escola já abriu inscrições para uma nova turma. Aos sábados, a instituição oferece cursos básicos de elétrica pelo Projeto Neotrópica, uma ONG ligada ao Rotary Aeroporto – 46 alunos já estão frequentando as aulas.

Este é o resultado de algumas parcerias que o Santa Maria tem estabelecido desde 2013. Uma delas é com a escola de formação de profissionais ligados a serviços de bares, restaurantes, hotéis e similares do SINTHORESP (sindicato dos trabalhadores deste segmento), que formou 18 alunos no ano passado nos cursos de barman, camareira, receptivo turístico e recepcionista.

A novidade este ano é um convênio com a Universidade Ibirapuera, que oferece descontos de 50% nas mensalidades de qualquer curso existente em seus quadros para alunos do Colégio, além de estender o benefício para os cônjuges e filhos de interessados. Até o momento, 29 ex-alunos da EJA do Santa Maria estão matriculados na UNIB.

“Temos informações de alunos que estão se formando em universidades e já trabalhando como estagiários em empresas, escritório de contabilidade e clínica veterinária”, conta a diretora Maria Cecília Ferraiol. Para ela, além de garantir a proficiência acadêmica, a missão da EJA é dar encaminhamento às novas oportunidades para o ingresso dos alunos no mercado de trabalho.

foto10 foto9 foto8 foto7 foto6 foto5 foto4 foto3 foto2 foto1

Mais conteúdo sobre:

EJASupletivo