Conhecimento histórico

Colégio Santa Maria

29 Novembro 2018 | 07h30

Autoria: Cristiane Paulon

 

Trabalhar com a introdução ao conhecimento histórico pode ser algo bastante instigante e igualmente monótono, dependendo da estratégia adotada pelo professor. Resgatar a importância do indivíduo como sujeito e agente histórico é um dos grandes desafios do professor no século XXI.

A Base Nacional Comum Curricular propõe que os fatos históricos sejam contextualizados, fazendo pontes com o momento presente. Propõe também a necessidade de trazer o aluno para o centro da discussão e tentar mostrar que os feitos históricos e culturais da humanidade são frutos do trabalho árduo e dedicado de uma coletividade, não apenas de atos individuais e isolados.

Nesse sentido, os alunos do 5º ano do Santa Maria produziram uma encenação à luz do tema “Proclamação da República” levantando uma reflexão a partir dos interesses sociais, políticos e econômicos das classes sociais da época para o fim da monarquia no Brasil. Tal performance tinha como objetivo não só compartilhar com outros grupos do Colégio os conhecimentos adquiridos nas aulas de História, como também provocar a reflexão dos expectadores sobre o recorte do “tempo histórico”, considerando acontecimentos, seus agentes e suas consequências.

Dessa forma, o estudo da História faz o aluno perceber e assumir sua responsabilidade como sujeito de um momento histórico e que as suas ações, tanto individuais, quanto coletivas, podem fazer diferença dentro do contexto social em que está inserido.