Como surgem as pesquisas na Educação infantil

Como surgem as pesquisas na Educação infantil

Colégio Santa Maria

06 Abril 2016 | 15h29

Autoria: Danielle Telles e Karine Ramos

 

Narrativas de crianças de cinco anos:  

 “Tem um que canta bem baixinho assim…”

 “Nossa, acho que agora passou um gavião, porque ele é muito forte e canta muito alto!”

 Parar por um alguns segundos e estimular as crianças a escutar e perceber os sons dos diferentes cantos que os pássaros emitem são algumas das ações que fazem parte do  cotidiano da Educação Infantil do Colégio Santa Maria, momentos que   proporcionam naturalmente o desenvolvimento de habilidades importantes que ocorrem somente na primeira infância.

O que parece uma simples visita ao bosque se torna uma aula repleta de significados e saberes ao passo que as crianças são estimuladas a olhar, perceber, identificar, subir, descer e vencer os desafios encontrados. Colocar as crianças em situação de investigação e pesquisa é o maior objetivo da atividade. Perguntas e hipóteses surgem a cada descoberta. No meio do caminho, ao encontrar uma borboleta voando, as crianças percebem as diferentes cores presentes em suas asas. Não é uma simples borboleta voando, ao olhar de perto observam que há muitos elementos neste pequeno animal. Observam e fazem perguntas:

Ela tem muitas cores!”

Quais cores?”

Ela tem antenas!”

Quantas antenas?”

Quantas patas?”

Por que fica parada em cima das flores?”

A partir das perguntas e das observações das crianças, é possível perceber aprendizagens possíveis após as vivências, o que possibilita sempre a escolha de novas propostas e caminhos a serem organizados em atividades que articulam as diversas áreas do conhecimento.

Foi durante um passeio pela escola que os alunos do Pré C, munidos de lupas e muita curiosidade, encontraram alguns frutos pelo chão. Perceber que aqueles frutos caiam de uma árvore aguçou a curiosidade de todos e trouxe possibilidades para a investigação e pesquisa. O assunto foi se ampliando, tomando formas e proporções de um projeto, o projeto da turma. Uma pesquisa repleta de conceitos científicos: aprendizagens sobre o ciclo das frutas, tipos de árvores, preservação, estações do ano, espécies que se alimentam de frutos, cadeia alimentar, consciência e ecopedagogia, entre outros assuntos que surgem no decorrer da pesquisa participativa com as crianças.

A natureza com sua imensa diversidade fornece milhares de recursos para que o professor desenvolva nas crianças as habilidades e competências que pretende para atingir suas metas. Explorar tais recursos, em busca de interesses e encantamentos, permite que as crianças protagonizem suas aprendizagens, fazendo parte do processo, o que o torna de fato significativo.

0604_dffffd 0604_fefeeefef 0604_ghhgghghgh