Como estar perto, mesmo estando longe?

Como estar perto, mesmo estando longe?

COLÉGIO SANTA MARIA

01 de março de 2021 | 07h00

Autoria –  Arthur Consiglio Campelo

Durante 2020 ficamos longe das salas de aulas presenciais por grande parte do ano. Para enfrentar esses desafios, nós, professores, e nossos alunos buscamos criar um vínculo afetivo diferente, que fizesse sentindo no ambiente virtual. Obtivemos grande sucesso, no entanto, a volta neste novo ano nos gerou uma expectativa ainda maior por retornar à vivência física do Colégio Santa Maria. Sendo assim, a utilização do ensino híbrido, a existência de aulas presenciais e remotas, nos leva a pensar e nos desafia em um novo formato em que o acolhimento e a aprendizagem estejam mais uma vez em primeiro lugar.

Aproveitando os espaços privilegiados do Colégio, o planejamento das primeiras atividades presenciais foi feito com o objetivo de dar destaque aos espaços abertos e de poder manter o distanciamento previsto no protocolo de segurança e, assim, permitir que todos os alunos pudessem estar ao ar livre distantes, mas ao mesmo tempo juntos. O grupo do 6o ano foi recebido nas quadras, os professores se apresentaram e a preocupação inicial foi deixar claro que formaremos um coletivo forte e parceiro.

“Eu estava muito ansioso para o primeiro dia de aula presencial, pois já fazia muito tempo que eu não ia para a escola. Foi muito divertido porque pude encontrar meus amigos, rever o Colégio, conhecer os novos professores. Eu me senti muito seguro em relação a covid-19 porque a escola estava muito bem preparada” – Lucca Cury 6o B, 11 anos

Eu gostei do primeiro dia de aula porque fizemos atividades apenas ao ar livre ou em lugares com mais ventilação, pudemos voltar para escola e conhecer os novos procedimentos que estaremos vivenciando na escola. – Manuela Edo 6o E, 10 anos

Os professores optaram por ficar ao ar livre, ficamos de máscara todo o tempo só com exceção de quando nós íamos comer, mas do mesmo jeito, existia distanciamento e as nossas mesas tinham uma placa de acrílico para a nossa proteção. Resumindo achei que foi muito seguro e a escola cumpriu com os protocolos. – Antonella Camerini 6o G, 10 anos

Fizemos um tour pelo Colégio para os alunos novos, e desafios de educação física, tivemos também um tempo para tirar dúvidas sobre o retorno às aulas. Eu adorei esse dia, pois fizemos atividades diferentes do que de costume e voltamos a ver amigos e professores acho que foi muito importante esse retorno para mim. – Maria Eduarda Ropero 6o H, 10 anos”

 Finalizamos o dia com um sentimento de união e coletividade!

Ao longo do ano temos como uma das metas fazer com que os alunos desenvolvam a autonomia, no que tange ao desenvolvimento de suas  necessidades de aprendizagem, colocando-se como protagonista desse processo,  principalmente pelo fato de estarem iniciando o ciclo do Ensino Fundamental II.

Dessa forma, construir vínculos e se sentir acolhido em meio ao distanciamento físico nos fortalecerá no intuito de conquistar o melhor para os alunos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.