Biblioteca Pe. Moreau: terra fértil para o conhecimento

Biblioteca Pe. Moreau: terra fértil para o conhecimento

COLÉGIO SANTA MARIA

17 de setembro de 2019 | 07h30

Autoria: Tauany Pazini e Cleuda Almeida

 

A Biblioteca Pe. Moreau, do Colégio Santa Maria, cumpre um importante papel na formação de seus estudantes, pois, além de disponibilizar um rico acervo de materiais, possui projetos de incentivo à leitura e formação do leitor em potencial, levando-os a entender a leitura como um instrumento capaz de transformar suas vidas e o ambiente no qual estão inseridos.

Para tanto, faz-se necessário lançar variadas e fecundas sementes para que se tenha uma boa colheita. Ou seja, um trabalho intenso é realizado cotidianamente na Biblioteca, dentre eles, a contação de histórias nas séries iniciais, da Educação Infantil ao 5º ano do Fundamental, onde a cada 15 dias as turmas vêm à biblioteca apreciar diferentes gêneros literários contados das mais variadas maneiras e, a partir dessa contação, participam de uma atividade, que pode ser uma brincadeira, um jogo, uma encenação, uma produção de texto, um desenho, um debate ou uma simples roda de conversa sobre os temas abordados na história. Ao término da contação, as crianças escolhem os livros que serão emprestados para leitura em casa.

30

Além das aulas de biblioteca, outros projetos são realizados, como: a Bibliochila, projeto que proporciona aos pais e filhos uma boa experiência de contação de história em família; o Santa Leitura, projeto em parceria com a equipe de Língua Portuguesa do Fundamental II, que proporciona momentos especiais de rodas de leituras e partilhas de conhecimentos literários entre os alunos, incentivando a leitura como hábito de lazer; o uso dos espaços da biblioteca para exposições, pesquisas em livros, estudos em grupos, sala de projeção para apresentação de filmes, documentários e seminários, além da busca do espaço da biblioteca como local de encontro na hora do intervalo, para leitura de gibis, jogos de xadrez, memória, dentre outros.

O resultado desse trabalho vem sendo comprovado a partir da procura de alunos, pais e professores em busca das novas aquisições de livros, coleções, periódicos, além de eles mesmos sugerirem novos títulos, seja para compartilhar as boas leituras que já conhecem, ou por saberem dos lançamentos e, assim, sugerir que a Biblioteca os adquira.

Essa apropriação do espaço da Biblioteca, de maneira tão intensa e diversificada, faz com que cada semente plantada proporcione uma colheita muito rica em conhecimento, junto a toda a comunidade escolar do Santa Maria.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: