Aproximando as crianças da cultura indígena

Aproximando as crianças da cultura indígena

COLÉGIO SANTA MARIA

12 de agosto de 2021 | 07h00

Autoria – Claudio Natacci de Souza

O objetivo do projeto com as turmas da Educação Infantil do Santa Maria foi experimentar e fruir brincadeiras e jogos populares de matriz indígena, recriando e valorizando a importância do nosso patrimônio histórico-cultural. Por meio de múltiplas linguagens (corporal, oral e audiovisual), planejamos e utilizamos estratégias, possibilitando o desenvolvimento de habilidades importantes para toda a vida.

Brincar e jogar também são maneiras de aprender! Para os povos indígenas, o que aparentemente são apenas jogos e brincadeiras, nada mais é do que uma relação transcendente dessas crianças com a natureza, desenvolvendo competências para a vida na floresta de forma harmônica e equilibrada.

Muitos desses jogos e brincadeiras já fazem parte da infância das crianças e estão inseridas nas propostas de trabalho da Educação Infantil com a intenção de despertar o sentimento de coletividade, companheirismo e cooperação. O objetivo também é garantir que as turmas vivam experiências que alarguem acervos de cultura e valorização de outros povos e costumes, desenvolvendo habilidades como a coordenação, o equilíbrio e o senso de estratégia.

Nessa conexão entre culturas, as crianças aprenderam brincadeiras e jogos como cabo de guerra, corrida de tora, corrida do saci, arranca mandioca, peteca e gavião e os passarinhos.  Também apreciaram o artesanato de arco e flecha, pulseiras e colares confeccionados com sementes de plantas e árvores e tiveram noções de Geografia.

Experiências que mostraram a importância de conhecermos cada vez mais nossas raízes, nossos costumes… Tudo por meio de brincadeiras, músicas e histórias da cultura de um povo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.