Cordel da banda larga

Colégio Santa Amália

29 de junho de 2022 | 13h50

Maria Zélia Dias Miceli

 

Se, por um lado, fica claro que as sociedades contemporâneas vêm sendo moldadas de acordo com as regras da sociedade global, por outro, tenta-se decifrar o papel do homem que se forma e ocupa o seu espaço enquanto cidadão, no mundo sacudido por tantas transformações.

O impacto que a tecnologia vem ano após ano causando no mundo nada mais é que novas formas de aproximar, interligar e até mesmo unificar os povos, não importando idioma, etnia, classe ou faixa etária. O homem descobriu um novo modo de se relacionar com o mundo – a realidade virtual. Por meio de dispositivos que transmitem ao usuário as palavras, as imagens, os sons e as sensações dos mundos simulados, é possível atuar, mover-se e comunicar-se por um computador de forma similar com o que se faz na vida cotidiana. A ideologia do presente contexto reflete um mundo interligado política, social e economicamente, a partir das Tecnologias de Informação e Comunicação – TIC.

No que se refere à educação, deve-se caminhar paralelamente ao desenvolvimento das tecnologias para aplicar, de maneira mais rápida e precisa, o conhecimento científico buscando solucionar os problemas de aprendizagem humana. É a informação a responsável por diversas componentes na sociedade como religião, cultura, ciência, política, economia e muitos outros. Por conta dela, temos mais facilidade de aprendizado.  Dessa forma, as tecnologias devem agir diretamente no perfil de nossos educadores e educandos, globalizando o conhecimento e a informação que deixam de ser individuais e passam a ser coletivos.

Sendo assim, as tecnologias e as redes sociais digitais constituem-se como novas formas de poder e de influência na vida contemporânea, afetando a forma como é construída a nossa sociabilidade, os modelos de conhecimento e de acesso à informação e à comunicação.

Portanto, o aumento das tecnologias da comunicação e informação impulsiona ainda mais o processo de mudança comportamental no Brasil e no mundo. Isso acontece porque todos os envolvidos com essas, têm que se adaptarem a elas para se estabelecer no mercado ou na vida de um modo geral. Sendo necessária uma educação para o digital, que proporcione o exercício de uma cidadania digital.

[…]

Criar meu web site

Fazer minha homepage

Com quantos gigabytes

Se faz uma jangada e um barco que veleje

[…]

(Pela internet – Gilberto Gil) 

 

Maria Zélia Dias Miceli  é educadora e gestora do eixo de Educação da Liga Solidária (SP)

 

 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.