Colégio promove rodas de conversa com alunos do Ensino Médio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colégio promove rodas de conversa com alunos do Ensino Médio

Colégio Salesiano

05 de agosto de 2020 | 08h41

Na opinião de especialista, escola deve ouvir os jovens para entender como dar o suporte emocional que eles precisam nesta fase de mudanças e adaptações

Nos últimos 2 meses, o Colégio Salesiano Santa Teresinha realizou rodas de conversa virtual entre os alunos do Ensino Médio e a orientadora pedagógica Marília Facco. Em bate-papos descontraídos, muitos jovens relataram dificuldades em lidar com o isolamento social, além de incertezas em relação ao futuro. A iniciativa é importante para que a escola entenda como dar suporte emocional aos estudantes, tanto neste momento quanto no retorno às aulas presenciais.

 

“As rodas de conversa foram muito positivas. Tudo o que eles trouxeram vai muito ao encontro de pesquisas e artigos com relatos de jovens em outros lugares do mundo, que também falam sobre essa questão do medo e das inseguranças, potencializados pelos desafios de lidar com o isolamento social”, explica Marília, que possui mestrado e doutorado em psicologia da educação.

Segundo a especialista, essas conversas são essenciais nesse momento em que o conhecido “olho no olho” faz tanta falta. O papel das escolas, mais do que nunca, é de acolhimento e de amparo às famílias, entendendo o momento que estão vivenciando para pensar em estratégias de suporte alinhadas às suas dificuldades e desafios específicos.

Durante o bate-papos, os alunos relataram muitas dificuldades no processo de adaptação à nova rotina e em relação a sua organização de estudos. Uns porque não acreditavam que isso ia ser por um período mais longo de tempo e outros porque tudo isso fez com que tivessem que desenvolver processos de adaptação a uma nova rotina muito rapidamente. Em contrapartida, alguns alunos se adaptaram facilmente, ao relatarem que produzem mais porque não tem interferências de conversas paralelas.

“Temos inúmeras realidades e é a partir daquele lugar em que aquele aluno está que vamos pensar em soluções que estejam dentro daquilo que é possível para todos. Sabemos que a pandemia alterou a rotina de todos nós e precisamos ter este olhar mais cuidadoso e solidário com os alunos e suas famílias. Equilíbrio é a chave do processo”, finaliza Marília.

 

Sobre o Colégio Salesiano Santa Teresinha:

Destaque como principal centro de Ensino Infantil, Fundamental e Médio, o Colégio Salesiano Santa Teresinha (Rua Dom Henrique Mourão, 201 – Santa Terezinha) foi fundado em 1937, na Zona Norte de São Paulo. A instituição é centrada na metodologia do Amor Educativo e no Sistema Preventivo, que se resumem em três dimensões: razão, espiritualidade e afeto – bases da proposta pedagógica de Dom Bosco, santo católico que atuou como educador de crianças e jovens no século XIX. Além dessa dimensão religiosa, o externato Santa Teresinha conta ainda com diversas atividades extracurriculares para desenvolver habilidades complementares aos ciclos da educação básica.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: