Volta às aulas: como os estudantes podem se preparar para o retorno

Volta às aulas: como os estudantes podem se preparar para o retorno

assessoriaimprensa

29 de julho de 2022 | 10h00

Para o bem-estar dos estudantes, é indispensável manter as atividades de lazer e diversão mesmo depois do retorno à escola

Depois do aguardado mês de férias e descanso, os estudantes retornam, em agosto, à rotina escolar. Retomar o ritmo dos estudos pode ser difícil, principalmente por já estarem acostumados com novos horários e atividades. Para que a adaptação seja tranquila e as crianças e adolescentes consigam acompanhar os novos conteúdos, é essencial tomar ações práticas e emocionais pensando no novo semestre.

Confira algumas dicas que podem ajudar a se preparar para a volta às aulas:

1- Organizar o material

Por mais básico que pareça, ter os materiais organizados é um grande incentivo para os estudantes acompanharem as aulas. É importante verificar se há cadernos para todas as matérias e se os livros estão atualizados. Um estojo completo também motiva o estudante a deixar o conteúdo em dia, assim como um planner mensal ou uma agenda, na qual todos os prazos são anotados.

2- Planejar a rotina

Para a volta às aulas, uma estratégia excelente é planejar a rotina com certa antecedência. Nos dias que antecedem as aulas, o aluno pode imprimir um cronograma das aulas e cursos livres e deixar em um local acessível para visualizar o que acontecerá na semana.

3- Definir horários para dormir e acordar

Ter horários estabelecidos para dormir e acordar é muito importante nos últimos dias de férias, de preferência parecidos com os exigidos na rotina escolar. Com esse esquema, o estudante se sentirá menos cansado quando as aulas voltarem, pois já terá um sono regulado e a diferença entre agendas não será tão grande.

4- Estabelecer metas

É normal que, nas primeiras semanas do retorno à escola, o ritmo e a disposição não sejam os mesmos em relação aos estudos. Nesses casos, é interessante estabelecer pequenas metas como forma de incentivo.

5- Manter atividades de lazer

Durante o período de férias, muitos decidem explorar novos hobbies, ou praticar uma atividade com mais frequência. Não importa se essa ação é jogar videogame, desenhar, passear, assistir séries e filmes, nadar, ler ou se dedicar a um esporte… o lazer é essencial para o bem-estar humano. É fundamental que esse hábito não desapareça com o cotidiano escolar. Cada estudante precisa encontrar um espaço na própria rotina para manter as atividades de lazer.

6- Cuidar da própria saúde

Para acompanhar a agenda da escola, é essencial que o estudante se sinta disposto. Para proporcionar essa energia e tranquilidade, a criança ou adolescente precisa cuidar da própria saúde. Nesse sentido, uma alimentação equilibrada é indispensável. Além disso, os jovens devem evitar passar muito tempo em frente às telas. Ir à academia ou dar uma volta no quarteirão algumas vezes na semana causa um impacto extremamente positivo na saúde e exige pouco esforço. Os pais também devem estar atentos a essa questão, sobretudo em relação à alimentação.

7- Estudar desde o primeiro dia

A dica clássica de todo professor é não deixar o conteúdo acumular. Ao estudar um pouco a cada dia, o estudante não se sentirá tão sobrecarregado ou ansioso diante de atividades e avaliações.

8- Listar as tarefas

Para aqueles que não se adaptam a agendas, é interessante deixar anotado o que precisa ser feito em forma de lista, e deixar o papel à mostra. Uma dica é utilizar post-its, ou simplesmente pendurar o papel na parede em frente à escrivaninha. Conforme o estudante vai completando as atividades, pode riscar itens da lista.

Tudo o que sabemos sobre:

metodologias ativasvolta às aulas

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.