Teoria de Einstein agita o Clube da Ciência Rio Branco

Teoria de Einstein agita o Clube da Ciência Rio Branco

A recente descoberta de ondas gravitacionais e buracos negros no espaço movimentou o primeiro encontro dos alunos

Colégio Rio Branco

03 Março 2016 | 11h22

einstein_1

Apesar de Albert Einstein já ter cantado essa bola há 100 anos, em sua famosa Teoria Geral da Relatividade, no início de fevereiro, cientistas americanos anunciaram, pela primeira vez, a descoberta incrível e comprovação das ondas gravitacionais!

Os especialistas puderam observar dois buracos negros que giraram em torno um do outro em uma galáxia distante, a cerca de 1,3 bilhão de anos-luz da Terra. Dois corpos, com massa cerca de 30 vezes maior que a do Sol, se fundiram por uma fração de segundo, causando grande emissão de ondas gravitacionais – observadas perfeitamente pela célebre equação E=mc2 (energia é igual a massa vezes velocidade da luz ao quadrado).

Os estudos reuniram cientistas do mundo todo, incluindo um grupos de brasileiros orientados por Riccardo Sturani, do Centro Internacional de Física Teórica, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), e Odylio Aguilar, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Para coroar a recente descoberta histórica, discutir e aprender na prática diversos temas das Ciências da Natureza, com olhar investigativo e científico, o Clube da Ciência Rio Branco, realizou nos dias 22 e 25 de fevereiro, um encontro especial, no qual os alunos puderam fazer alguns experimentos.

Clube_ciencias

A descoberta da existência das ondas gravitacionais abre um novo caminho para vários campos da Ciência, como a astronomia, pois até então, ela se centrava na luz, mas  essas ondas comparáveis ao som permitem estudar elementos antes invisíveis, como os próprios buracos negros.

Nas atividades, os alunos puderam entender e discutir os temas relacionados, como modelo gravitacional, questões do espaço-tempo, a teoria de Einstein, além de assistirem a vídeos e vivenciarem experimentações, na prática.

Para os professores de Física responsáveis pelo projeto, Rafael Policarpo, de Higienópolis, e Walquiria Godoy, de Granja Vianna, o mais importante é despertar o interesse dos alunos em ciências e fazer com que eles aprendam ainda mais. “Gostaríamos de despertar a curiosidade e fazer com que nossos alunos propaguem todo conhecimento aprendido aqui em sala, para os colegas e famílias”, completaram.

O novo projeto Clube da Ciência Rio Branco promoverá encontros periódicos com alunos do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, nas unidades Higienópolis e Granja Vianna.