Projeto pedagógico inovador alia metodologias ativas aos 17 objetivos da Agenda 2030, da ONU

Projeto pedagógico inovador alia metodologias ativas aos 17 objetivos da Agenda 2030, da ONU

Diminuição das desigualdades entre povos e gêneros, erradicação da pobreza e preocupação com o meio ambiente estão entre alguns dos objetivos que nortearão os trabalhos

Colégio Rio Branco

04 de dezembro de 2019 | 13h47

Aulas restritas às salas de aula, carteiras enfileiradas, professores como únicos detentores do saber e outros aspectos, cada vez mais vão dando lugar a novas formas de ensinar e aprender. Ao invés disso, alunos organizados em diferentes agrupamentos, ocupando ambientes diversos, questionando e experimentando novos recursos e estratégias.

Estudantes e educadores aprendendo a desempenhar papéis igualmente importantes, aprendizagem mediada, mentoria, protagonismo e autoria, participação ativa e uma relação reflexiva e dialógica.

As metodologias ativas são catalisadores dessa transformação, utilizadas não como um fim em si mesmo, mas para potencializar a aprendizagem profunda, promover engajamento e, mais que isso, para propiciar o desenvolvimento da autonomia e da consciência sobre o processo de aprendizagem.

Diante de todos esses aspectos e de um mundo em constante transformação em todas as áreas, o Colégio Rio Branco deu início ao projeto C4 ou Ciclo 4 – Consolidação e Aprimoramento, que engloba toda a escola de forma inteiramente integrada, contemplando todos os educadores e níveis escolares, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Ciclo 4: estrutura

Consolidação: os estudantes terão a oportunidade de resgatar e estruturar os conhecimentos sobre os conteúdos essenciais trabalhados ao longo do ano, favorecendo, assim, a aprendizagem necessária para cursar a série seguinte. De acordo com o seu aproveitamento global e rotina semanal os alunos poderão desenvolver projetos e se preparar para uma eventual recuperação final.

A Consolidação será composta pelo conjunto de atividades diversificadas a serem realizadas pelos alunos que obtiverem média dos Ciclos Fundamentais abaixo de seis (6,0) com a utilização de recursos para sistematização dos conteúdos.

Aprimoramento: ao longo do Ciclo 4, os alunos e alunas terão a oportunidade de desenvolver projetos interdisciplinares para aprimorar e expandir os conhecimentos sobre os conceitos trabalhados nos diferentes componentes curriculares, que são frutos dos processos desenvolvidos no ano letivo.

O Aprimoramento será composto pelo conjunto de atividades a serem realizadas pelos estudantes que obtiverem média dos Ciclos Fundamentais acima de seis (6,0) e possibilitará ao aluno a ampliação das escolhas (temas, papéis dos alunos, produto final e forma de comunicação dos projetos) e desenvolvimento da autonomia.

Os projetos serão apresentados no Encontro Cultural, que acontecerá no Ensino Fundamental II e Médio, em novembro e na Educação Infantil e Ensino Fundamental I, em dezembro.

Bases do projeto: interdisciplinaridade e trabalho em equipe

A interdisciplinaridade promove a construção de significado do conteúdo escolar. As propostas desenvolvidas em diferentes projetos do Ciclo 4 privilegiam a interação entre disciplinas.

O planejamento das atividades busca a intercomunicação efetiva entre os componentes curriculares, por meio do enriquecimento das relações entre eles. As temáticas de foco dos projetos não só favoreceram a criação de um ambiente rico de aprendizagem, promovendo a construção de uma prática coletiva e solidária na dinâmica escolar, como também permitem articular, concretamente, conteúdos de alcance social.

É necessário promover no ambiente escolar o desenvolvimento de competências socioemocionais, criar oportunidades para uma aprendizagem mais significativa e profunda e que terá impacto na vida dos alunos, seja nas relações interpessoais ou no mundo do trabalho.

Neste sentido, a mediação da aprendizagem realizada pelos professores nos trabalhos em grupos é fundamental, pois é momento para orquestrar talentos individuais visando a uma melhor produtividade coletiva e é possível permitir que estudantes, dotados de capacidades múltiplas e singulares, desenvolvam competências como empatia, manutenção de relações positivas, flexibilidade cognitiva e tomada de decisões de maneira responsável e respeitosa.

Agenda 2030: 17 objetivos da ONU para mudar o mundo

Como escola integrante do Programa de Escolas Associadas à UNESCO (PEA-Unesco), o Colégio Rio Branco está comprometido com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Sendo assim, como diferencial, todos os projetos realizados pelos diferentes componentes curriculares, em todos os níveis escolares, estarão voltados ao desenvolvimento de competências alinhadas com esses objetivos nas rotinas diárias e semanais dos alunos.

A Agenda 2030 consiste em um plano de ação para as pessoas, o planeta e para a prosperidade, que também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade. A ONU entende que a erradicação da pobreza, em todas as suas formas e dimensões, incluindo a pobreza extrema, é o maior desafio global e um requisito indispensável para o desenvolvimento sustentável.

Todos os países e todas as partes interessadas, atuando em parceria colaborativa, implementarão este plano.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, e suas 169 metas,  demonstram a escala e a ambição desta nova agenda universal. Eles se constroem sobre o legado dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, buscam concretizar os direitos humanos, alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres e meninas. Eles são integrados e indivisíveis, e equilibram as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.

Os Objetivos e metas estimularão a ação para os próximos 15 anos em áreas de importância crucial para a humanidade e para o planeta:

Erradicação da Pobreza
Objetivo 1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

Fome Zero e Agricultura Sustentável

Objetivo 2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.

Saúde e Bem-estar
Objetivo 3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Educação de Qualidade
Objetivo 4. Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

Igualdade de Gênero
Objetivo 5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

Água Potável e Saneamento
Objetivo 6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos.

Energia Limpa e Acessível
Objetivo 7. Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Trabalho decente e crescimento econômico
Objetivo 8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

Indústria, Inovação e Infraestrutura
Objetivo 9. Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

Redução das Desigualdades
Objetivo 10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

Cidades e comunidades sustentáveis
Objetivo 11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

Consumo e produção responsáveis
Objetivo 12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Ação contra a mudança global do clima
Objetivo 13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos

Vida na água
Objetivo 14. Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

Vida Terrestre
Objetivo 15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade

Paz, justiça e instituições eficazes
Objetivo 16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

Parcerias e meios de implementação
Objetivo 17. Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Fonte: nacoesunidas.org

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: