Departamento de Estudos Internacionais do Rio Branco permite vivência global aos alunos

Departamento de Estudos Internacionais do Rio Branco permite vivência global aos alunos

Colégio Rio Branco

23 de maio de 2019 | 11h02

Além da formação global e humanística, a internacionalização é um dos principais norteadores do trabalho realizado pelo Colégio Rio Branco, tanto para a formação de alunos, como atualização dos educadores.

Anualmente, a instituição realiza inúmeras atividades internacionais, intercâmbios e parcerias que oferecem subsídios pedagógicos para o ensino e aprendizagem, que além das experiências adquiridas, também permitem aos estudantes, o ingresso em universidades internacionais para graduação no exterior.

O Departamento de Estudos Internacionais já apoiou alunos em processos para instituições dos Estados Unidos e outros 20 países, dentre eles Canadá, França, Austrália, Alemanha, Espanha e China. A área também oferece consultoria, atendimento individual focada no projeto de cada aluno, apoio na construção do currículo e carta de apresentação, oficinas e simulados, entre outras.

Parceria sólida com a Finlândia

Tradição em internacionalização

A instituição acompanha as principais tendências e metodologias de ensino, investindo, também, em benchmarking internacional. O Colégio Rio Branco  é um parceiro oficial da Finlândia, mantendo um estreito relacionamento com seus órgãos oficiais, como o Ministério da Educação e a Embaixada da Finlândia no Brasil, além de instituições de educação, sendo um hub no Brasil da TAMK – Tampere University of Applied Sciences.

A parceria entre a TAMK e o Colégio Rio Branco promove, entre outras ações, o programa “Educadores para o século XXI”, voltado para professores do Colégio Rio Branco das unidades Higienópolis e Granja Vianna, contemplando todos os segmentos educacionais. O programa de formação docente é realizado ao longo de 18 meses e aborda temas como “Uso da Tecnologia na Educação” e “Resultados e Avaliação em Educação”.

A instituição também realiza encontros, abertos ao público, com o objetivo de promover o intercâmbio estudantil de brasileiros para a Finlândia e explicar todos os tramites e regras, já que o país oferece programas de graduação, pós-graduação, MBA, mestrado e doutorado para brasileiros gratuitamente. Assim, os alunos do Colégio Rio Branco, possuem todo o apoio e respaldo necessários para o ingresso em universidades finlandesas.

Há mais de 10 anos, a instituição realiza visitas regulares ao país em ações de benchmarking, além de seminários internacionais, que já reuniram autoridades da educação do país nórdico, e formação docente para professores me parceria com a TAMK.

A diretora-geral, Esther Carvalho, na Graduate School of Education

Com relação a Harvard, por exemplo, o Colégio Rio Branco foi a primeira instituição brasileira a fazer parte do programa Research Schools International oferecido por pesquisadores da Harvard Graduate School of Education (EUA). O programa aproxima a experiência da escola com a pesquisa no campo denominado “Mind, Brain and Education” e pretende aprimorar as práticas educativas existentes. O trabalho consiste na aplicação da Neurociência ao ensino – uma das principais tendências na área da Educação.

Durante todo o ano, a instituição realiza projetos com a universidade americana. Em uma das ações, a diretora-geral do Colégio Rio Branco, Esther Carvalho, participou do programa “Women in Education Leadership” da Harvard Graduate School of Education, nos EUA. O encontro reuniu educadoras de diversos países em torno de importantes questões que envolvem a gestão educacional na atualidade. O objetivo foi estimular a liderança e a eficácia dos trabalhos em equipe, por meio análises de casos reais, gerenciamento de redes estratégicas de trabalho e relacionamentos, além do mapeamento de metas específicas de liderança na área da educação.

Outros destaques

Renata Condi visitou instituições na Inglaterra

Recentemente, a coordenação de Estudos Internacionais visitou escolas e universidades em Londres para a ampliação de novas parcerias. A professora Renata Condi, coordenadora de Estudos Internacionais, visitou instituições como a University of Greenwich, Royal Holloway University of London, Ardingly College e Lancing College.

Há sete anos, o colégio também recebe a equipe do Boston Cambridge Institute para apresentar aos pais e alunos o programa de pré-intercâmbio para os Estados Unidos. Nesse projeto, “The BCI Leaders Camp”, os alunos do 8º ano do Ensino Fundamental à 2ª série do Ensino Médio têm a oportunidade de realizar aulas, atividades acadêmicas e culturais em universidades como Bentley University, Harvard e Massachusetts Institute of Technology (MIT), durante as férias.

Além da vivência acadêmica em importantes universidades americanas, os alunos ampliam o repertório e a utilização do idioma inglês, em atividades e no contato com professores e alunos dessas instituições.
As alunas Gabriela Ferreira do Nascimento e Letícia Gabrielly dos Santos Silva foram aprovadas para participar do programa Mentoring and Language Acquisition (MLAB), promovido pela Harvard University Brazil Office. O programa teve duração de cinco meses e contou com a mentoria presencial e online em inglês de graduandos da Harvard University. A missão do programa é empoderar alunos do Ensino Médio no desenvolvimento da confiança, pensamento crítico e língua inglesa, por meio de orientação personalizada.

O Colégio Rio Branco também  participa  anualmente do Operation Wallacea, um projeto de investigação científica realizado por uma rede de acadêmicos de universidades europeias e norte-americanas, que projeta e aplica programas de pesquisa da biodiversidade e gestão de conservação. As expedições têm inúmeros benefícios acadêmicos que podem, inclusive, ajudar os alunos no acesso às universidades do exterior. Os alunos já estiveram em Honduras e duas vezes na África do Sul, durante as férias de julho.

Inspiração  nas melhores práticas  e valorização do Inglês
Em todas as etapas da Educação Infantil, a instituição utiliza abordagens pedagógicas internacionais, entre elas, as práticas diferenciadas das escolas de Reggio Emilia, na Itália – considerada a melhor do mundo. O Rio Branco também proporciona a imersão parcial na Língua Inglesa, com a vivência do idioma nas atividades cotidianas.

Para ampliar a oportunidade de exposição das crianças à língua, o Período Integral Modular Bilíngue, do Infantil 2 ao 2º ano do Ensino Fundamental, oferece comunicação em inglês com oficinas temáticas, que podem envolver culinária, leitura, contação e dramatização de histórias, jardinagem, modelagem, construção de objetos, dobraduras, incluindo o snack time – a hora do lanche.

Além do Inglês nas aulas regulares, em uma parceria com o Cel.Lep, o Colégio Rio Branco também oferece  o programa Cel.Lep In School que prepara os alunos para realizar exames internacionais, vestibulares, viagens de intercâmbio e até mesmo para o mercado de trabalho.

Os cursos são voltados para crianças a partir dos três anos e todos foram desenvolvidos especialmente para cada faixa etária.

Módulos Universitários: um passo para o exterior
O Colégio Rio Branco também oferece aos estudantes do Ensino Médio, como atividade opcional, os Módulos Universitários, que permitem aos alunos uma projeção mais ampla de seu futuro e uma pré-experiência com o ambiente acadêmico do ensino superior.

A partir dessa vivência diferenciada, os jovens têm a oportunidade de aprofundar conhecimentos acadêmicos, que os apoiarão na escolha de uma carreira, seja em universidades brasileiras ou do exterior.

Com metodologia dinâmica e conteúdos globais, os Módulos Universitários são cursos certificados e de curta duração que acontecem no período da tarde, ministrados por professores de universidades e profissionais de destaque, abordando temas que contemplam áreas como a Economia, o Direito, as Relações Internacionais, Marketing e Comunicação e outros que envolvem tecnologia, empreendedorismo, iniciação científica e responsabilidade socioambiental. Todos com embasamento teórico e simulações práticas.