Poliedro Educação implementa o Novo Ensino Médio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Poliedro Educação implementa o Novo Ensino Médio

Poliedro

31 de março de 2021 | 16h21

Com os novos currículos, os alunos estarão preparados para o Enem Seriado e os novos desafios da formação acadêmica e do mercado de trabalho

O Poliedro Educação, grupo com quase 30 anos de atividades, está preparado para oferecer a nova estrutura do Ensino Médio para as turmas da 1.ª série em 2021. Após intenso planejamento, com base na flexibilização e na participação ativa do aluno, o Poliedro desenvolveu um novo modelo para suas escolas próprias e ferramentas para apoiar suas escolas associadas na transição de seus modelos.

Agora, além das disciplinas comuns e obrigatórias definidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os alunos poderão aprofundar-se nas áreas de maior interesse por meio dos Itinerários Formativos, que permitem ao estudante unir teoria e prática.

Presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, o Poliedro Sistema de Ensino desenvolveu uma plataforma digital com mais de 1.000 horas de conteúdo para implementação dos Itinerários Formativos. Nela, estarão disponíveis trilhas para quatro áreas do conhecimento: (I) Linguagens e Códigos, (II) Matemática, (III) Ciências da Natureza e (IV) Ciências Humanas e Sociais, que poderão ser customizadas de acordo com a realidade de cada instituição parceira, considerando o perfil e as aspirações de seus alunos. O Poliedro também oferecerá orientações pedagógicas e todo o suporte necessário para as escolas associadas.

Com unidades próprias em Campinas, São José dos Campos e São Paulo, o Colégio Poliedro definiu as trilhas de conhecimento e o cronograma de aulas de acordo com a realidade de cada segmento e região, priorizando a liberdade do aluno em optar pelo que faz mais sentido para o seu projeto de vida e de carreira.

O papel da escola vem se transformando constantemente, pois os jovens deixaram de seguir um papel imposto e passaram a demandar propósitos e projetos de vida. “O Poliedro fez um esforço de vanguarda para se adequar ao Novo Ensino Médio. Fizemos diversas alterações para assegurar a qualidade do ensino e o desenvolvimento das habilidades, sejam cognitivas ou socioemocionais, para garantir que o aluno conquiste seus objetivos de carreira e amplie oportunidades num mundo cada vez mais tecnológico e competitivo”, explica a coordenadora do Ensino Médio do Colégio Poliedro de São José dos Campos, Andrea Godinho.

Parcerias e treinamentos para oferecer experiências completas aos alunos

Para garantir a qualidade das trilhas e o conteúdo ofertado, o Poliedro investiu na formação e no aperfeiçoamento dos professores para atuarem na implantação e na execução do novo currículo. Em parceria com o Instituto Singularidades, os professores passaram por treinamentos sobre o tema e receberam mentorias sobre como melhor trabalhar os Itinerários Formativos.

Além disso, houve a contratação de especialistas para viabilizar a implementação e a execução do novo modelo de Ensino Médio, a exemplo de professores de programação, e os Colégios firmaram parcerias com diversas instituições para não apenas intensificar o envolvimento dos alunos com os projetos, mas também tornar suas vivências mais completas, possibilitando aulas em laboratórios com diversas ferramentas.

O Enem deve mudar com o Novo Ensino Médio

Todo o esforço do Poliedro Educação é importante para preparar os alunos para o Enem Seriado, uma das modificações no exame decorrentes da reforma do Ensino Médio. Com a nova modalidade, que será implantada de forma progressiva a partir de 2021, os estudantes fazem provas ao fim de cada ano letivo e a pontuação total é somada no final da 3.ª série.

Na 1.ª e 2.ª séries, serão aplicadas as provas de Língua Portuguesa e Matemática. Na 3.ª série, a formação geral básica e os Itinerários Formativos serão requisitados. A ideia é que haja o menor engessamento possível e que os alunos tenham uma forma alternativa de entrada no Ensino Superior.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.