Colégio Poliedro estimula a criatividade e prepara  alunos para serem empreendedores
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colégio Poliedro estimula a criatividade e prepara alunos para serem empreendedores

Poliedro

10 Agosto 2018 | 14h47

Ser um bom aluno e conseguir boas notas em disciplinas básicas como Português, Matemática, História, Geografia e Ciências já não é suficiente para garantir a melhor preparação para enfrentar os desafios futuros. Cada vez mais o mercado de trabalho exige pessoas inovadoras e com habilidades como liderança, resiliência e capacidade de tomar decisões.

Por esse motivo, o Colégio Poliedro investe para que os alunos se tornem cidadãos atuantes e preparados para buscarem seus objetivos, seja na vida profissional, na acadêmica ou na pessoal. E tudo isso tem a ver com empreendedorismo.

Em uma definição simples, podemos entender como empreendedor aquele que começa algo novo ou que sai da área da imaginação, do desejo, e parte para a ação. É possível incentivar o empreendedorismo na escola transformando as ideias dos estudantes em projetos factíveis, nos quais eles são os protagonistas, colaborando de alguma forma com a sociedade e/ou o meio ambiente.

Em vista dessa capacitação importante e necessária, no Colégio Poliedro de São José dos Campos, os alunos já estão engajados em iniciativas empreendedoras desde o Ensino Fundamental II. “Comportamentos como buscar oportunidades, ter iniciativa, atualizar-se, estabelecer metas, comprometer-se e aprimorar a habilidade de argumentação, organização e planejamento são fundamentais”, afirma a professora de Matemática (Aritmética) do 6º ano do Ensino Fundamental, Rosemeire Scudeler Cigagna de Godoy.

Nascido da parceria entre o Colégio Poliedro e o Sebrae, o projeto tem o propósito de estimular os alunos a realizar atitudes empreendedoras através de atividades lúdicas e contextualizadas. “Ao lançar questões e colocar os alunos desde cedo em situações em que eles deverão propor ideias, planejar e agir para realizá-las, o professor está direcionando-os ao encontro do que chamamos hoje de empreendedorismo”, ressalta Rosemeire.

Na prática

No ano passado, foi iniciado com alunos do 6º ano o projeto “Empreendedorismo – Eco Papelaria”, que resultou na criação da empresa EcopapeRRR – os 3 R’s representam a redução, a reutilização e a reciclagem.

A empresa, que continua em funcionamento, foi inaugurada na última Mostra de Projetos do Ensino Fundamental II, na qual os estudantes venderam folhas de papel reciclado confeccionadas por eles e objetos feitos com essas folhas (marcadores de livros, cartões, post-its etc).

Para a realização desse e de outros trabalhos, os alunos estão estudando as características de um empreendedor e executando o passo a passo de um plano de negócios. A iniciativa, que é multidisciplinar, conta com a participação de professores de Aritmética, Geometria, Ciências, Laboratório, Artes, Educação para a cidadania e Filosofia.